Castanha do Acre é distribuída no Brasil durante a Copa

As usinas criadas pelo governo do Estado beneficiam a produção da castanha acreana (Foto: Sergio Vale/Secom)
As usinas criadas pelo governo do Estado beneficiam a produção da castanha acreana (Foto: Sergio Vale/Secom)

Castanhas oriundas do Acre estão sendo distribuídas aos voluntários na Copa do Mundo, em todos os estados onde são realizados os jogos. Cerca de duas toneladas foram vendidas para complementar o kit-alimentação dessas pessoas. Assim, os produtores acreanos vivem um novo momento.

O Acre é um dos maiores beneficiadores de castanha do Brasil e movimenta mais de R$ 45 milhões nessa área de produção. Mais de 20 mil famílias se beneficiam da comercialização do produto e tiveram aumento de seus percentuais de lucros com os investimentos do governo do Estado.

Nos próximos dias será inaugurada no Estado a nova indústria de beneficiamento de castanha, que, orçada em R$ 10 milhões, tem capacidade de processar mil toneladas ao ano e deve empregar mais de cem pessoas.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest