CAS capacita profissionais para atuar como instrutores em Libras

Qualificação tem como ministrante a coordenadora do Grupo de Pesquisa de Libras e Cultura Surda Brasileira

ensino_especial.jpg.jpg

O Centro de Apoio ao Surdo (CAS), por meio da Secretaria de Estado de Educação, está promovendo o Curso de Metodologia para o Ensino de Libras, com o objetivo de qualificar profissionais, surdos e ouvintes para atuar como instrutores de língua de sinais no sistema regular de ensino. Ao todo, 30 pessoas estão participando do curso, que se encerra nesta sexta-feira, 25.

A qualificação tem como ministrante a coordenadora do Grupo de Pesquisa de Libras e Cultura Surda Brasileira (GPLibras), Tanya Amara Felipe, do Rio de janeiro, e está sendo realizada nos períodos da manhã, tarde e noite, com aulas expositivas, trabalhos individuais e em grupo e prática de ensino (simulação de aulas).

Autora de vários artigos publicados na área da surdez e do livro Libras em Contexto, a coordenadora vai abordar os seguintes eixos temáticos: Embasamento teórico acerca de metodologia para o ensino de Libras e Apresentação da metodologia Libras em Contexto – Livro e DVD do Instrutor e do Estudante.

De acordo com a coordenadora do CAS/AC, Helena Sperott, o curso está sendo de fundamental importância, já que os instrutores terão conhecimento mais amplo e aprofundado na metodologia do ensino de Libras. "A coordenação do CAS prima por essa melhoria do profissional para oferecer à sociedade cursos de qualidade", afirma Helena.

{xtypo_info}Interessados podem entrar em contato pelo telefone 3225-0512{/xtypo_info}