reta final

Campanha de vacina contra gripe termina nesta sexta

Vacina está disponível nos postos de saúde (Foto: Arquivo Sesacre)

A Campanha da Vacina contra a gripe que se iniciou dia 10 de abril e se encerraria dia 31 de maio, após prorrogação, termina nesta sexta-feira, 9, tendo atingido até o momento 73% do grupo prioritário no Acre.

Entre o público-alvo, as puérperas (mães até 45 dias depois do parto) foram as que mais se vacinaram proporcionalmente, ou seja, a maior cobertura vacinal, com 2,6 mil doses aplicadas, o que representa 97,73% deste público, seguido pelos idosos (84,99%) e indígenas (82,52%).

Os grupos que menos se vacinaram até agora são as crianças (64,12%), gestantes (71,13%) e trabalhadores em saúde (77,60%). Além do grupo prioritário, a população privada de liberdade e trabalhadores do sistema prisional também está sendo imunizada.

A partir desta edição da campanha, professores das redes pública e privada passaram a fazer parte do grupo prioritário. A vacina está disponível em todas as Unidades Básicas de Saúde.

A Gerência de Imunização do Acre informou que muitos municípios já atingiram a meta de cobertura, desde a segunda-feira, dia 3, a vacina contra influenza está disponível para toda a população, exceto na capital, Rio Branco, que não aderiu a orientação do Ministério da Saúde e só vai disponibilizar a vacina para quem não é do grupo prioritário a partir da próxima segunda-feira, dia 12.

Como o organismo leva, em média, de duas a três semanas para criar os anticorpos que geram proteção contra a gripe após a vacinação, o ideal é realizar a imunização antes do início do inverno. O período de maior circulação da gripe vai do final de maio até agosto.

A transmissão dos vírus influenza acontece por meio do contato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. Também ocorre por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos e nariz).

A vacina é extremamente segura. A única contraindicação formal é para quem tem alergia ao ovo.