Binho autoriza início das obras na principal avenida de Assis Brasil

Este projeto cria um ambiente moderno e prepara Assis Brasil para o futuro", afirma governador

dsc_0130.jpg

Governador Binho Marques anuncia investimentos em urbanização na cidade que é "a porta de entrada do país". (Foto Sergio Vale / Secom)

O governador Binho Marques autorizou nesta quinta-feira,5,  o início  das obras de urbanização e pavimentação da avenida Raimundo Chaar,  uma das mais importantes vias urbanas de  Assis Brasil.  A obra,  que será executada pela Construtora  MAV sob supervisão do Deracre,  terá 755 metros de extensão e será implantada no trecho desde o final do asfalto à Escola Estadual Simon Bolívar. De acordo com o presidente do Deracre, Marcos Alexandre, serão implantados vários equipamentos, entre eles duas faixas de rolamento, duas faixas de estacionamento, calçadas com 2 metros de largura nas duas margens da via, paisagismo e iluminação pública diferenciada.

A cerimônia foi realizada na Praça da Prefeitura com a presença do presidente da Associação Comercial de Assis Brasil, Humberto Mesquita; a representante da Igreja Católica no município, Irmã Maria Polffo; presidente do sindicato local dos trabalhadores rurais, Manoel Vicente; Francisco Souza, presidente do Sindicato dos Taxistas; Sônia Bessa, diretora da Escola Simon Bolívar, a mais tradicional de Assis Brasil, e muitos trabalhadores que foram prestigiar o evento.

O projeto contempla ainda a reestruturação e urbanização das Praças da Prefeitura e da Igreja. O prazo para conclusão da obra é de oito meses. Os recursos são provenientes do Tesouro Estadual e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES III). Quando concluída a urbanização, a avenida  Raimundo Chaar, segundo informou o prefeito Manoel Batista, irá integrar o "Circuito em 8", projeto turístico que levará o visitante a caminhar pelo Centro de Assis Brasil e passar pelas vilas de Iñapari, no Peru, e São Pedro/Bolpebra, na Bolívia. A caminhada será realizada em uma hora e percorrerá toda a nova Raimundo Chaar. "A pé, vamos fazer uma parte do oito no Brasil e a outra parte em dois países diferentes. Não existe nada igual a isso, conhecer três países andando uma hora", disse Batista, que vê na seqüência de obras levadas à cabo pela parceria Governo Federal, Estado e Prefeitura um fenômeno que descreve como "o fim do período da vivência" de Assis Brasil. Segundo ele, o asfaltamento da BR 317, a ponte ligando ao Peru e as intervenções na cidade e na zona rural impuseram o fim do isolamento e um tempo de modernidade e prosperidade para o município.

Ainda segundo Batista, a modernidade pode ser constatada pelo ritmo da construção civil e do fluxo de turistas: "são duzentas pessoas que estão passando pela alfândega todos os dias e pelo menos dez novas casas estão sendo construídas a cada mês em nossa cidade", disse o prefeito. Esse processo elevou a auto-estima da população e proporcionou novos investimentos privados na região.

Assis Brasil é um município estratégico para o Brasil. "Aqui já não é mais a saída, mas a porta de entrada para o nosso País", disse o governador Binho Marques, ressaltando que a Rodovia Interoceânica se constitui na única via que de fato liga o Brasil ao Oceano Pacífico, encurtando distâncias e reduzindo custos do comércio exterior.   A  população  estimada do município  é de cerca de seis mil  habitantes  e sua área é de 2 875,915 quilômetros quadrados. Seu fundador foi Vicente Bessa em 1º de março de 1963.

O município ganhou este nome em homenagem ao embaixador  Joaquim Francisco de Assis Brasil.

{xtypo_rounded2}

Para governador, o país reconhece o papel estratégico de Assis Brasil 

pessoas_caminham_rumo__praa_da_igreja.jpg

Pessoas caminham rumo praça da igreja (Foto Sergio Vale / Secom)

O governador Binho Marques reafirmou o compromisso de seu governo em lutar pelo fortalecimento das parcerias com as prefeituras do Acre visando ampliar os investimentos nos municípios e realizar o melhor trabalho em favor da população. Avaliou como grande o investimento que está sendo feito na urbanização da Avenida Raimundo Chaar mesmo para o Governo Estadual e explicou o porquê da decisão de se buscar melhorias para aquela região: "Esta obra é uma decisão importante para o Governo. Nossa decisão de investir é baseada em um critério: quem mais precisa? Quem mais mecere?".

Nesse contexto, Binho declarou sua convicção no trabalho que vem sendo realizado no município, especialmente pela sua importância estratégica. "O País reconhece o papel estratégico de Assis Brasil", disse o governador.

{/xtypo_rounded2}

{xtypo_rounded2}

Visita ao Marco Rondon 

binho_no_marco_rondon.jpg

Binho no marco Rondon (Foto Sergio Vale / Secom)

Marques visitou a obra do prédio da Prefeitura e  o Marco Rondon, onde o então general Cândido Mariano da Silva Rondon fincou o marco que estabeleceu a divisa internacional do Acre. O local está sendo avaliado como futura praça com mirante para o rio Acre e as cidades em fronteira com Assis Brasil.

O Marco Rondon é um monumento em forma de torre erguido pela missão  de inspeção das fronteiras brasileiras em 1929 por  Rondon e sua equipe.  O governador esteve também inspecionando as obras de implantação da rodoviária local.  

{/xtypo_rounded2}

O QUE ELES DISSERAM

irm.jpg

{xtypo_quote}Nós nos sentimos honrados pelos investimentos que o Estado tem feito em nossa cidade, em especial, neste momento, nesta praça, onde as pessoas se encontram{/xtypo_quote}

Irmão Maria Polffo, representante local da Igreja Católica

   
humberto.jpg

{xtypo_quote}Falta-nos palavras mas queremos agradecer ao governador Binho Marques, ao Deracre e a todos por esta obra. Nós comerciantes, como toda a população, seremos grandemente beneficiados com ela e só temos a agradecer{/xtypo_quote}

Humberto Mesquita, presidente da Associação Comercial de Assis Brasil

   
a.marino.jpg

{xtypo_quote}Sou filho de Assis Brasil e há muito tempo sonhava com um momento como este.{/xtypo_quote}

Antônio Marino, líder político

 

 

Compartilhe:

WhatsApp
Facebook
Twitter