“Assembléia está muito mais próxima do povo”, diz Edvaldo Magalhães

Presidente da Aleac fala sobre a participação do Legislativo nos avanços do Acre durante o primeiro semestre de 2008

ass_090507.jpg

O semestre legislativo encerra-se no próximo dia 15 de julho. Para o presidente da Assembléia Legislativa do Acre (Aleac) Edvaldo Magalhães, os últimos seis meses foram muito produtivos e mostraram à população que o Poder Legislativo tem participação ativa nas grandes decisões sobre o destino do Estado. Os debates na Aleac promoveram profundas reformulações em instituições importantes como a Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros e a Defensoria Pública, entre muitas outras. A emancipação da Defensoria é vista  como um dos maiores avanços a partir do trabalho dos deputados.

O período legislativo está concluído em Manoel Urbano com a Assembléia Aberta, programa que vem levando o parlamento para perto das comunidades, sejam elas de fácil ou difícil acesso. Na próxima semana, o encerramento do semestre se dará a discussão e votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). Após quinze dias de recesso a Aleac voltará a trabalhar normalmente. Edvaldo Magalhães concedeu a seguinte entrevista:  

Agência de Notícias do Acre: Qual melhor avaliação deste período legislativo?

Magalhães: Foi um tempo muito produtivo.  Discutimos e votamos matérias fundamentais, trabalhamos na reestruturação de todo o setor da segurança pública, retomamos com muita força o programa Assembléia Aberta, programa com o qual levaremos o Parlamento às cidades distantes que ainda não fomos. Devemos lembrar que toda semana teve debate, sempre com a visão e opinião dos deputados, o contraponto.

Agência de Notícias do Acre: A Aleac está mais próxima do povo?

Magalhães: Sem dúvida. A Assembléia Legislativa virou referência para todas as causas. É a primeira porta que os movimentos sociais procuram para debater e reivindicar.  

Agência de Notícias do Acre: E o debate entre situacionistas e oposicionistas?

Magalhães: Foi de um nível elevado. Sempre que teve crises buscamos o entendimento.  

Agência de Notícias do Acre: Qual conquista que a Casa tem para si nesse período?

Magalhães: O programa Assembléia Aberta, sem dúvida. Este é um jeito de se deslocar  do centro do poder para as comunidades, levando o Parlamento para  perto do povo.