renda e trabalho

Artesão acreano concorre a prêmio internacional de histórias para o desenvolvimento do turismo sustentável

Atrativo econômico desde o surgimento do Acre, o látex que é extraído de seringueiras na Amazônia, é fonte de origem para confecção de diversos materiais, como a borracha. E no Acre, o trabalho de extrativistas e artesãos resultam em produtos que já são reconhecidos mundialmente.

E do município de Epitaciolândia, o artesão José Rodrigues, mais conhecido como Dr. da Borracha, nome da sua marca de produtos, está concorrendo ao prêmio, “Green Destinations Story Awards 2023” realizado pela Green Destinations, que premia seis categorias de iniciativas inspiradoras para o desenvolvimento do turismo sustentável no mundo.

Para votar basta acessar o link, selecionar South América e Epitaciolândia Brasil. Foto: Divulgação

A seleção ocorre por meio de voto online e se encerra no dia 23 de janeiro. Para votar no Dr. da Borracha é necessário entrar no  link South América, Epitaciolândia, Brasil. O destino que receber mais votos receberá o People’s Choice Award (prêmio escolhido pelo público), na cerimônia Green Destinations Story Awards na ITB Berlin no dia 7 de março.

“Estou recebendo um apoio muito importante e só tenho a agradecer as secretarias e ao município por essa ajuda, pois foram eles que me inscreveram no concurso e que também fazem a divulgação da minha história”, ressalta o Dr. da Borracha.

Dr. da Borracha

Após um curso feito na Universidade de Brasília (UNB) em 2004, o seringueiro José Rodrigues, formou um grupo de seringueiros e artesãos que se sustentam por meio da extração do látex e da confecção de produtos totalmente artesanal como bolsas, sapatos, colares, utensílios de decoração entre outros.

Após se capacitar, José Rodrigues repassou o conhecimento, garantindo a renda sustentável dos moradores da localidade. Foto: Cedida

“Além das vendas locais, desde 2007 também enviamos produtos para São Paulo, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Santa Catarina, Rio de Janeiro e para países como a Itália, Portugal, Austrália e Estados Unidos”, acrescenta o artesão.

O Dr. da Borracha já participou de diversas feiras e festivais e foi premiado em 2022, tornando o Acre como sendo o primeiro estado da região Norte a possuir um destino sustentável pelo mundo. Epitaciolândia está entre os 100 destinos sustentáveis para o turismo no mundo, sendo a primeira cidade na região Norte com o selo TOP 100 Green Destinations.

Programas sustentáveis

O apoio do governo do Acre ao trabalho dos artesãos ocorre por meio do Programa REM Acre Fase II, da Secretaria de Estado de Planejamento (Seplan), no âmbito da Secretaria de Estado de Indústria, da Ciência, do Comércio, do Empreendedorismo e do Turismo (Seicetur), mais especificamente por meio do projeto Turismo de Base Comunitária, do subprograma Territórios de Produção Familiar Sustentável.

O trabalho de fabricação dos produtos é feito de forma totalmente artesanal. Foto: Cedida

O projeto tem como objetivo implantar e desenvolver as áreas de importância turística e ambiental, por meio de planos estratégicos que estabelecem a atividade como uma alternativa de renda e trabalho e capacitar os moradores com os cursos de gastronomia de baixo carbono e design de produtos, além de consultorias com técnicos que garantam a conservação florestal.