Educação

Aluna do EJA destaca importância do ensino durante 1ª Jornada Pedagógica

Na manhã desta quinta-feira, 25, foi a vez do Departamento de Educação de Jovens e Adultos (EJA) da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes do Acre (SEE) apresentar os resultados dos trabalhos durante a realização da 1ª Jornada Pedagógica de 2024, realizada no auditório da própria secretaria, em Rio Branco.

Além das explanações realizadas pelo chefe do departamento, Jessé Dantas, também foi feita uma apresentação da estudante Eliana Nobre, que é concludente do ensino médio do Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja) e que falou dos avanços e dos desafios em estudar na EJA.

Jessé Dantas apresentou resultados dos trabalhos da EJA. Foto: Mardilson Gomes/SEE

O ensino fundamental ela realizou na Escola Salgado Filho, na década de 90. Depois, começou a trabalhar já aos 16 anos. Desde o término do fundamental foram 15 anos fora de sala de aula. “Eu até me matriculava, mas devido ao trabalho acabava desistindo e não dava para conciliar o trabalho com os estudos”, disse.

Durante a sua apresentação na I Jornada Pedagógica, ela contou aos presentes a sua história, como chegou na EJA e como essa modalidade de ensino acabou influenciando também na educação da própria família. “Foram muitos aprendizados, os professores são maravilhosos e consegui construir muitos laços, além de reconstruir a história da minha família”, afirmou.

Eliana falou dos desafios em estudar na Educação de Jovens e Adultos. Foto: Mardilson Gomes/SEE

Os três primeiros módulos da EJA Eliana realizou na Escola Terezinha Miguéis, localizada no bairro Cidade Nova, no Segundo Distrito. A quarta modalidade do ensino médio ela concluiu no fim de 2023, no Ceja. Junto com a EJA, ela também faz um curso de técnico de enfermagem.

Agora, após a conclusão do ensino médio, quer concluir o curso iniciado e fazer uma faculdade de enfermagem. “Pretendo fazer um curso superior na área da saúde e a EJA muito me ajudou, tanto nos meus estudos como também na minha formação pessoal”, relatou.