curados

Estado registra 1.031 pessoas de alta médica da Covid-19

A alta médica é dada ao paciente que não apresenta mais o novo coronavírus no organismo

Passados 65 dias de epidemia da Covid-19, no Acre, o Estado registra um total de 1.031 pessoas que receberam alta médica da doença, por não mais apresentarem o SARS-CoV-2 no organismo. O trabalho do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde do Acre, está sendo árduo e pautado pela vida. Sem medir esforços, vem empenhando recursos humano, financeiro e material no enfrentamento à pandemia.

Daqui a alguns anos, as fotos e vídeos, mesmo aqueles amadores, sem boa resolução, ilustrarão a história de uma população que venceu a pandemia do novo coronavírus. A humanidade já superou outras graves doenças, como a gripe espanhola, peste bubônica, cólera, varíola e gripe suína, que hoje são retratadas em arquivos em preto e branco.

Sete pacientes do Hospital Santa Juliana receberam alta médica na segunda-feira, 18. Foto: Cedida.

Na última segunda-feira, 18, sete pacientes que estavam internados no Hospital Santa Juliana receberam alta médica por já não apresentarem o novo coronavírus, o SARS-CoV-2, no organismo. A vitória foi comemorada, fotografada e filmada por funcionários do hospital.

M. C., de 39 anos, passou nove dias internado. M. A. C.F., 61 anos, J. T. S., 72, anos, e, R. F. R., 65 anos, passaram onze dias no hospital. Já, V. P. M., de 41 anos, e, F. F. F., de 37, permaneceram em tratamento na unidade por quatro dias e; S. M. S. F. L., 41 anos, durante cinco. Nenhum deles esteve internado em Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Sete histórias diferentes, mas uma mesma enfermidade, unidos por uma vitória incomum: conseguiram vencer a Covid-19. Atrás da fileira de campeões, dois funcionários embalaram a caminhada até a porta de saída, entoando esperança: “guerreiro não foge da luta e não pode correr. Ninguém vai poder atrasar quem nasceu pra vencer”, e ainda, faz parte da trilha sonora deste dia: “pode acreditar que um novo dia vai raiar”.

“Cada paciente que sai daqui, nos deixa feliz, e nos prepara para outros que chegam”

 

“Não deixa de ser também uma vitória da enfermagem, que juntos, batalhamos e sofremos. Cada paciente que sai daqui, nos deixa feliz, e nos prepara para outros que chegam”, contou o enfermeiro do HSJ, Josinei Fernandes Ferreira.

A alegria dos profissionais do Hospital Santa Juliana, em Rio Branco, representa a alegria de um batalhão que resiste e luta bravamente contra o coronavírus. Os sobreviventes podem comemorar com a mesma euforia de quem venceu uma verdadeira guerra, em que os escudos e as armas são as próprias pessoas.

Um a um, passaram pelos corredores, sendo aplaudidos pela tamanha força e vontade de viver. Dos sete pacientes que receberam alta médica, pelo menos três deles são idosos. 

Como reconhecimento e gratidão pelo cuidado que teve durante a internação, uma das pacientes que recebeu alta, pediu ao enfermeiro que ele a levasse até a porta de saída do hospital.

“Chegou o momento da alta, em que uma senhora me convidou e disse que queria que eu a levasse até a saída”, relatou Josinei.