Passos largos

Acre avança em ações para se tornar zona livre de febre aftosa sem vacinação

Na manhã desta quarta-feira, 5, representantes das instituições do Governo do Estado envolvidas em tornar o Acre zona livre de febre aftosa sem vacinação se reuniram na Casa Civil com os enviados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para tratar dos avanços na ação da certificação que deve ser concretizada este ano.

A reunião foi comandada pelo governador em exercício, Major Rocha, e contou com a presença do secretário de Defesa Agropecuária do Mapa, José Guilherme Leal, e o diretor do Departamento de Saúde Animal do Mapa, Geraldo Moraes.

Reunião contou com membros do Governo do Estado envolvidos na ação e representantes do Mapa Foto: Diego Gurgel/Secom

Atualmente, o Acre possui cerca de 3,5 milhões de cabeças de gado, o que representa um patrimônio de quase R$ 7 bilhões e geram uma receita anual de R$ 1,4 bilhão. Vacinando seu gado há 20 anos ininterruptos com duas campanhas por ano, o Acre é reconhecido internacionalmente pela Organização Mundial da Saúde Animal como zona livre de aftosa com vacinação há 14 anos, em virtude dos resultados exitosos de suas políticas de defesa e inspeção animal.

O governo tem corrido contra o tempo para cumprir com todos os requisitos para que o estado se torne zona livre sem vacinação. Atualmente, o Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf), anunciou um concurso público para cadastro de reserva visando a contratação de engenheiro agrônomo, engenheiro florestal, médico veterinário e técnico em defesa agropecuária e florestal. Desde o início da gestão do governador Gladson Cameli, foram contratados mais 19 veterinários e 16 técnicos agrícolas.

Além disso, em parceria com a iniciativa privada por meio do Fundo de Desenvolvimento da Pecuária do Acre (Fundepec), 24 escritórios de atendimento do Idaf espalhados pelo estado entraram em reformas de suas infraestruturas, sendo que três já foram concluídos. Novos equipamentos e veículos também estão em processo de aquisição.

A auditoria do Mapa para certificar o Acre como zona livre de febre aftosa será realizada entre os dias 9 e 13 de março.

Segundo o diretor-presidente do Idaf, Rogério Melo: “Aproveitamos essa visita dos representantes do Mapa para reunir o grupo gestor do Programa Nacional de Prevenção e Erradicação da Febre Aftosa [Pnef] e apresentar as ações que o Idaf, junto com a equipe gestora, tomou para alcançar o status de zona livre sem vacinação. Estamos caminhando a passos largos”.