Trinacional

Rio Acre gera campanha de água envolvendo Brasil, Peru e Bolívia

Banhados pela bacia do Rio Acre, Brasil, Peru e Bolívia se unem em uma campanha trinacional sobre a preservação da água. Intitulada ‘Cuidando da água do Planeta a partir da Região Map’ , a campanha busca estratégias e soluções, diante das alterações que o ambiente vem sofrendo com os eventos climáticos extremos, no Sudoeste da Amazônia.

A campanha faz parte do projeto ‘Map Resiliência’, abreviatura para as regiões de Madre de Dios, Acre e Pando. Será lançada dia 22 de março, em Rio Branco, capital do Acre, e os preparativos já estão em curso. A ‘resiliência’ é a capacidade de se adaptar ao meio, seja ele severo ou não.

Na tarde desta segunda-feira, 12, teve o pré-lançamento do projeto, na Universidade Federal do Acre (Ufac). Representantes da Instituição Federal de Ensino Superior e diversos parceiros como a Secretaria Estadual de Educação e Esporte (SEE) , o Senador Jorge Viana e o Instituto de Inovação de Madre de Dios participaram.

Além dos brasileiros teve a participação de peruanos por videoconferência (foto: Mágila Campos)

Durante a solenidade o pesquisador Foster Brown, da Ufac, lembrou que o Rio Acre corta as regiões de Madre de Dios, Acre e Pando, e todas as questões que envolvem o manancial precisam ser decididas coletivamente.

“Nós temos enfrentado problemas globais, que não é só do Brasil, da Bolívia ou do Peru. Eles são coletivos, e, sozinhos, não resolveremos. Precisamos trabalhar juntos, porque a bacia do Rio Acre pertence aos três povos. Se todos não se envolverem, não conseguiremos solucionar os problemas”, destaca Brown.

Na opinião do senador Jorge Viana, a campanha vai ser um exemplo para o mundo de como a união entre os três países pode colaborar para solucionar problemas. “Nosso rio é pequeno, mas sua água é compartilhada com três nacionalidades. Por isso, precisamos dividir responsabilidades, compartilhar também o cuidando desse recurso hídrico indispensável para a vida”, pontuou Viana.

Na ocasião, o parlamentar lembrou que o Brasil vai sediar o 8º Fórum Mundial da Água, este ano. Essa é uma oportunidade para que a região do Map seja incluída nas discussões do evento global. “Representantes de diversos países estarão reunidos para tratar da preservação dos recursos hídricos do planeta, e esta campanha, aqui na Amazônia, trata exatamente disso”.

O Rio Acre abastece as cidades da Tríplice Fronteira (Foto: Alexandre Noronha)

A Campanha

A ideia do Map Resiliência é a de colocar em prática ações de educação relativas ao cuidado com a água doce dos rios da região. Um dos objetivos é justamente atingir com informações o maior número possível de ribeirinhos, colonos, seringueiros e indígenas no entorno do Map.

O lançamento será realizado no Dia Mundial da Água, celebrado em todo o mundo dia 22 de março. Durante o ato, será apresentado para os povos as ações da campanha até setembro. Além disso, terão atividades culturais como músicas e danças folclóricas do Brasil, Peru e Bolívia.

Ednilza Rocha, coordenadora de Humanização da SEE, ressalta que a programação contará ainda com uma caminhada pelo centro da capital acreana. “A ideia é que participem escolas, órgãos públicos e privados, e a sociedade em geral”.