300 mil pessoas visitam Expoacre 2008

Dados preliminares indicam crescimento de 13,5 % no volume de negócios em relação ao ano passado

cesar_messias.jpg

Vice-governador César Messias, em entrevista à Rádio Difusora, comenta a satisfação do público e empresários durante o evento. Foto: Gleilson Miranda/Secom

venda_automoveis_foto_gleilson_miranda_03.jpg

Empresários do setor de veículos consideram feira importante para o fechamento de futuros negócios. Foto: Gleilson Miranda/Secom

As dezenas de atrativos reunidos na maior feira de negócios, serviços e entretenimento são as responsáveis pela visitação recorde de público registrada em 2008 na Expoacre. Durante os nove dias de realização do evento mais de 300 mil pessoas passaram pelo Parque de Exposições Marechal Castelo Branco, segundo estimativa dos organizadores. Estratégias como a de antecipar o rodeio para o início da semana e setorizar ainda mais o parque por grupos de produção atraiu o público todos os dias.

"As pessoas chegaram mais cedo para aproveitar melhor todas as atividades e ficaram muito mais tempo dentro do parque e isso todos os dias. A média foi de cerca de mais de 30 mil visitantes por noite", diz uma das coordenadoras do evento, Nena Mubárac.

Um comparativo preliminar elaborado pela Secretaria de Estado de Planejamento (Seplan) com base em dados reunidos em sete dias de feira aponta crescimento de 13,5%  em relação a 2007. Linhas de financiamento facilitadas pelos bancos favoreceram o setor de veículos, por exemplo, que apostaram na visibilidade que a feira oferece. Para o segmento, o fator positivo não é só o volume de vendas, mas a oportunidade de iniciar negócios que serão concretizados após o evento. "Nós não viemos só para vender aqui. A Expoacre é uma vitrine. Fizemos muitos cadastros e isso se reverte em vendas depois. Trabalhamos um mês para estar aqui, mas compensa",  avalia o gerente geral da Recol Veículos, Laertes Silveira.

Considerando contatos feitos no ano passado, o gerente de vendas da Xapuri Motors, João Duarte, estima um crescimento de 30%. Para ele, a feira é importante porque reúne opções para que as pessoas possam visualizar, comparar e escolher com mais segurança os produtos.

O vice-governador César Messias, presente no último dia de feira, diz que percebe satisfação em todos os setores da economia representados na Expoacre. "A abordagem das pessoas é apenas para parabenizar pela organização. Tanto a população quanto os empresários, de todos os níveis. Desde o mais pequeno até o maior, a satisfação é de todos".  Os dados oficiais sobre o evento deverão ser divulgados nesta semana pelo governador Binho Marques.