1° dezembro, Dia Mundial de Luta contra Aids

Entre as atividades palestras nas escolas e realização de teste rápido para diagnóstico da doença

 

fiquesabendo.jpg

Campanha Fique Sabendo estimula pessoas a fazerem o teste (Imagem divulgação)

Reforçar a solenidade, tolerância e a necessidade de prevenção e tratamento. Estas são algumas das metas do dia 1° de dezembro, Dia Mundial de Luta contra a Aids. Instituída pela Assembleia Mundial de Saúde, em outubro de 1987, com apoio da Organização das Nações Unidas (ONU), a data serve para difundir informação e fomentar ações de combate ao preconceito.

Para marcar o Dia Mundial de Luta contra a Aids, o Governo do Estado, através da coordenadoria estadual de DST/Aids/HIV, promove uma séries de atividades. Nesta terça-feira, a partir das 8 horas no Terminal Urbano em Rio Branco, agentes de saúde do Centro de Testagem Anônima (CTA) realizam coletas de sangue e irão também falar da Campanha do Ministério da Saúde Fique Sabendo. As ações de mobilização visam incentivar as pessoas a fazer o teste de AIDS, com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância da realização do exame.

Os agentes permanecem no Terminal Urbano até o dia 4 realizando a coleta de sangue para a sorologia do HIV e teste rápido para o diagnóstico da doença. Nesta segunda, 30, a Campanha Fique Sabendo será apresentada aos reeducandos do Sistema Penitenciário de Rio Branco, e de 1° a 4 de dezembro em Xapuri, Cruzeiro do Sul, Sena Madureira e Plácido de Castro.

Em Rio Branco, os testes podem feitos no Centro de Testagem Anônima (CTA) localizado na rua Senador Guiomard, Bosque. “Não existe a necessidade de pedido médico para que as pessoas façam o teste. No CTA também estão disponíveis os exames de hepatite, sífilis e HIV”, destacou a coordenadora estadual de DST/Aids, Francismary Muniz.

No Teatro Plácido de Castro, das 14 às 20 horas, a prefeitura de Rio Branco em parceria com o Governo, promove neste dia 1° de dezembro dezenas de atividades em alusão à data, como a realização de palestras, apresentação de peças teatrais, troca de experiência entre profissionais de Rio Branco e Porto Velho. E ainda a premiação dos profissionais de saúde e das pessoas que se destacaram nas ações de prevenção às DST/HIV/Aids e Hepatites com o troféu Francisco Dantas, e também dos alunos da VI edição dos Jogos da Prevenção.

A programação inclui ainda o Projeto Cinema Aids Acre, com a exibição de filmes na Filmoteca Acreana entre os dias 1° e 4 de dezembro. No dia primeiro serão exibidos os filmes “O Auto da Camisinha” e “Cazuza – O tempo  não para”. Na quarta “Filadélfia”, e dia 3, “O Prazo Final”. A mostra será encerrada com a exibição de “Somente elas”. Em uma iniciativa da Associação de Homossexuais de Acre(AHAC) e o Coletivo Lamparina em parceria com a Coordenação Estadual e Municipal de DST e Aids.

As atividades de mobilização também serão realizadas nas escolas com oficinas que abordam como tema as drogas, educação sexual, diversidade e gênero nas escolas José Rodrigues Leite, Colégio Barão Rio Branco, Humberto Soares e Alcimar Nunes Leitão.

doc Confira aqui a programação completa.