Voltei com uma nova visão de mundo, diz Jovem Embaixadora

A viagem incluiu visita a lugares históricos e pontos turísticos (Foto: cedida)

“Quando fazemos uma viagem dessas, voltamos outra pessoa, com uma nova visão de mundo, de sonhos e de perspectivas.” Foi assim que Sarah Evellyn Oliveira, a Jovem Embaixadora Acreana, descreveu seu intercâmbio nos Estados Unidos da América (EUA).

Sarah viajou recentemente para o país norte-americano para representar o Acre no Programa Jovem Embaixador 2017. Lá, ela e mais 49 estudantes brasileiros participaram de diversas atividades sociais, políticas e culturais, durante três semanas.

De volta ao Acre, ela partilha sua experiência: “Se antes eu tinha sonhos grandes, agora tenho maiores ainda, porque percebi que sou uma cidadã do mundo, fiquei pequena pra caixinha”, ressalta.

Nos EUA

No roteiro do intercâmbio estava a capital do país, Washington (DC), onde os jovens visitaram instituições históricas, como o National Museum of Natural History, United States Department of State e Lincoln Memorial.

“Tive o privilégio de discursar sobre a educação brasileira no mesmo local onde Martin Luther King Jr fez o discurso ‘I Have a Dream’. Isso me encheu de orgulho”, conta.

Além da capital americana, Sarah conheceu cidades como Portland, no estado de Oregon. “Lá eu participei de reuniões com autoridades, com líderes comunitários, visitei projetos sociais e ainda participei de atividades de voluntariado”, explica.

Sarah é estudante da Escola José Rodrigues Leite, em Rio Branco (Foto: cedida)

Nas palavras da jovem, “um aprendizado incalculável”. Ela conheceu os Estados Unidos em um momento de transições políticas. “Eles estão passando por grandes conflitos políticos e culturais, e tive a oportunidade de ver isso de perto, fatos que me fizeram rever conceitos e ideias e entender melhor a nossa política”, explica Sarah.

Segundo ela, nada disso teria sido possível se não fosse pelo programa, e por essa razão ela quer incentivar outros jovens: “Quero disseminar o protagonismo juvenil por onde for. Porque se hoje sou uma jovem embaixadora é porque alguém acreditou em mim e disse que eu poderia ser. Quero repassar isso adiante”, revela.

Voluntariado

Como fruto da experiência, a acreana, juntamente com outros três jovens embaixadores de Sergipe, Alagoas e Pernambuco, está criando um projeto voluntário intitulado Impacta Jovem.

“Ainda não está pronto, mas já temos um esboço. Queremos engajar outros jovens em projetos voluntários, e para isso faremos workshops, oficinas, palestras e ações sociais”, explica.

Futuro

Atualmente Sarah estuda na Escola Estadual José Rodrigues Leite, em Rio Branco. Antes do intercâmbio a estudante sonhava em fazer astrofísica: “Agora o sonho cresceu. Amo essa área, mas me encantei pela carreira diplomática e relações internacionais também. Já estou vendo os trâmites para cursar faculdade fora do Brasil. Até nisso o programa me ajudou! Conheci as instituições que ajudam os estudantes brasileiros nesse processo”, conta.

 Jovem Embaixador

Jovem Embaixador é uma iniciativa da Embaixada Americana no Brasil, com o intuito de fortalecer o ensino público. Anualmente seleciona alunos de escolas públicas, com boa fluência em inglês, bom desempenho escolar e que sejam engajados em causas sociais, para um intercâmbio de três semanas nos EUA.