VI Festac começa neste sábado

O cortejo da abertura oficial será puxado pela companhia Cia Visse e Versa (AC). A concentração será na Praça da revolução, a partir das 16h30 (Divulgação)

O cortejo da abertura oficial será puxado pela companhia Cia Visse e Versa (AC). A concentração será na Praça da revolução, a partir das 16h30 (Divulgação)

Cortejo e espetáculos teatrais marcam a abertura, neste sábado, 14, do VI Festival de Teatro do Acre (Festac). Nesta sexta edição, o Festac trará a Rio Branco quinze espetáculos, além de oficinas e palestras. Grupos de outras regiões do país participam do evento, que se consolida como uma grande vitrine da produção teatral dentro e fora do estado.

O cortejo da abertura oficial será puxado pela companhia Cia Visse e Versa (AC). A concentração será na Praça da revolução, a partir das 16h30. No mesmo dia, na área do Mercado Velho, haverá apresentação de dois espetáculos de rua: “Comédia Del’ Acre” e “Tira a Canga do Boi” do Raízes do Porto (RO). A sessão da noite fica por conta do Teatro de Senhoritas, grupo paulistano que encenará a peça “Ana-me”.

O espetáculo “Ana-me” é inspirado no conto Amor de Clarice Lispector. Aborda questões da vida cotidiana de forma bem humorada e poética (Divulgação)

O espetáculo “Ana-me” é inspirado no conto Amor de Clarice Lispector. Aborda questões da vida cotidiana de forma bem humorada e poética (Divulgação)

O espetáculo “Ana-me” é inspirado no conto Amor de Clarice Lispector. Aborda questões da vida cotidiana de forma bem humorada e poética. Ana é uma dona de casa que se encaixa perfeitamente em sua vida até que um cego mascando chiclete desperta nela um universo repleto de vida, perversidade, erotismo. Porém, ela precisa voltar para casa e preparar o jantar. Já “Tira a Canga do Boi”, a narrativa acontece numa cidadezinha do interior, onde os moradores são personagens típicos de um Bumba-meu-boi: Mateus, Bastião, Capitão, Catirina e outros. Entre as presepadas e as divertidas situações, o boi aparece em cada jornada e, representando a esperança do povo, transforma a brincadeira de rua numa grande festa, sempre com a participação de todos os presentes: brincantes e público.

O VI Festac traz a participação de grupos do Acre, Rondônia, Amazonas, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Goias e Distrito Federal. As apresentações teatrais seguem até o dia 21 de janeiro e serão exibidas no Teatro Plácido de Castro, Theatro Hélio Melo e Cine Teatro Recreio.

A ideia do Festac é promover o encontro da produção teatral brasileira, além de fomentar o debate em rede entre os artistas com a troca de experiências sobre o fazer teatral com o foco na identidade cultural amazônica. O evento é uma realização da Federação de Teatro do Acre (Fetac), através de projeto contemplado com o Prêmio Funarte Festivais de Artes Cênicas, do Ministério da Cultura.

Tem ainda o patrocínio do governo do Estado, por meio do Fundo Estadual de Cultura da Fundação Elias Mansour; e da Prefeitura de Rio Branco, através da Fundação Garibaldi Brasil.

Serviço

Ingressos R$ 10 e R$ 5 reais – vendas antecipadas somente no dia de cada espetáculo, pela manhã, na bilheteria de cada espaço teatral. Informações: 3244-2554 (Fetac)

Dia 14.01 – Sábado – Abertura

Cortejo de abertura do Festival

Horário de Concentração: 16h30

Local: Concentração na Praça da Revolução

Espetáculo de abertura

“Comédia Del’ Acre” – Cia. Visse e Versa – AC

Horário: 17h30

Local: Mercado Velho

Classificação: Livre

Duração: 50 minutos

“Tira a Canga do Boi” – Raízes do Porto – RO

Horário: 18h20

Local: Mercado Velho

Classificação: Livre

Duração: 55 minutos

“Ana-me” – Teatro de Senhoritas – SP

Horário: 21h

Local: Teatrão