compromisso

Trabalhadores da Educação recebem VDP integral no início de junho, garante governador

Na primeira agenda oficial com a nova secretária de Educação, Cultura e Esporte do Acre, Socorro Neri, o governador Gladson Cameli confirmou que o Estado vai pagar de uma só vez o Prêmio de Valorização e Desempenho Profissional (VDP) aos professores da rede pública de ensino.

Ao lado da nova secretária de Educação, Socorro Neri, governador autoriza pagamento integral de benefício aos trabalhadores da rede estadual. Foto: Marcos Vicentti/Secom

O anúncio foi realizado na Casa Civil, no início da tarde desta quarta-feira, 5, com a presença do secretário da Casa Civil Flávio Silva. Anteriormente, com anuência do sindicato da categoria, o pagamento do benefício havia sido definido em duas parcelas, sendo a última para o mês de junho.

O governador aproveitou para saudar publicamente a chegada da secretária e agradeceu por ela ter aceitado o convite. “Nós temos que estar muito sintonizados. Agradeço a senhora por ter aceitado esse desafio. A gente precisa ter o retorno das aulas, o alinhamento com os servidores, porque a educação representa saúde, segurança e a gente tem que virar essa página. Eu quero anunciar aqui que na primeira semana de junho será pago o VDP. O que seria parcelado vai ser pago de uma vez só. Eu peço a complacência dos gestores da Educação”, pontuou.

Socorro Neri disse que a decisão do governo contempla e atende a uma reivindicação da classe que cobrava o repasse e agora recebe essa garantia. Antes do anúncio, a secretaria havia se reunido com representantes dos trabalhadores e ratificou, segundo ela, em nome do governo, o compromisso de valorização dos trabalhadores. “Vamos atender a essa determinação do governador e efetuar o pagamento, reconhecendo um direito dos trabalhadores”, disse. O pagamento vai contemplar 6.566 servidores, que juntos irão receber R$ 12.281.790 com o pagamento do benefício.

Bolsa de incentivo ao estudo

No mesmo ato, o governador assinou a lei complementar nº 3.380, que trata da renovação da Bolsa de Incentivo ao Estudo, Pesquisa e Aprimoramento Profissional, para servidores que atuam em escolas de tempo integral. O texto, assegurou o governador, foi enviado para a Assembleia Legislativa (Aleac) nesta quarta-feira. A proposta do governo atende a mais uma reivindicação dos trabalhadores, que perderam o benefício porque o projeto que assegurava o pagamento era de apenas de três anos. O novo texto defendido por Gladson Cameli garante a extensão da bolsa por tempo indeterminado.

Deputados e secretária conversam com a categoria. Foto: cedida

Durante a tarde, já na sede da Secretaria de Educação, Socorro Neri, acompanhada do líder do governo na Aleac, deputado Pedro Longo, e do deputado Daniel Zen, conversou com sindicalistas e alguns profissionais da Educação sobre as pautas de reivindicações apresentadas ao governo.

A secretária reforçou os encaminhamentos tratados na reunião com o governador Gladson Cameli pela manhã e, na oportunidade, o deputado Pedro Longo garantiu que a proposta de alteração da Lei Complementar que estende por tempo indeterminado o pagamento da bolsa aos profissionais que atuam nas escolas estaduais em tempo integral será tratada com prioridade na assembleia.

Por fim, Socorro Neri destacou a importância de manter o diálogo com a categoria, poder ouvir as necessidades, compreender mais rapidamente o contexto que a rede estadual vive nesse momento e, assim, “poder contribuir com o governo no sentido de superar as dificuldade e continuar avançando”, afirmou.