Setor industrial supera expectativas de negócios na Expoacre

O movimento da economia é importante para o desenvolvimento das empresas (Foto: Diego Gurgel/Secom)
O movimento da economia é importante para o desenvolvimento das empresas (Foto: Diego Gurgel/Secom)

O Espaço da Indústria foi o estande mais visitado da Expoacre 2015 e, junto ao Galpão dos Moveleiros, foi consolidado grande volume de negócios pelos expositores. O total de R$ 22,31 milhões movimentados durante a feira evidencia a importância do fomento realizado pelo governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Florestal, da Indústria, do Comércio e dos Serviços Sustentáveis (Sedens) para o terceiro setor.

“A Expoacre superou nossas expectativas. Os empresários compareceram, preparam-se para expor, realizaram lançamentos e fizeram bons negócios”, reforça o titular da Sedens, Fernando Lima. O Espaço da Indústria reunia 60 expositores e, do montante apresentado, cerca de R$ 15 milhões provêm dessa área. Além disso, outros R$ 6,112 milhões foram prospectados, ou seja, é a arrecadação prevista referente às encomendas.

“Incluso nesse total estão os valores apresentados pelos bancos que integraram nosso estande. Parte do arrecadado é resultado de financiamentos empresariais e também recursos liberados para o agronegócio”, esclarece Lima.

O Galpão Moveleiro tinha 12 empresas, entre elas cooperativas de diferentes regionais acreanas. Foram consolidadas R$ 77.945 em vendas diretas, com a previsão de mais  R$ 389.380 em encomendas, totalizando R$ 467.325 para as marcenarias participantes.

Houve ainda rodadas de negócios, 23 lançamentos de produtos e a participação do Peru, por meio de sete indústrias, e do Ministério do Turismo, por meio da Comissão de Promoção do Peru para a Exportação e o Turismo (Promperu), fortalecendo as relações comerciais entre os países.