Sesacre realiza aula inaugural da Oficina Humanização em Movimento

O projeto visa capacitar os servidores e gestores do serviço de atendimento à saúde (Foto: Júnior Aguiar/Sesacre)
O projeto visa capacitar os servidores e gestores do serviço de atendimento à saúde (Foto: Júnior Aguiar/Sesacre)

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), por meio do Departamento de Ensino e Pesquisa, em parceria com o Instituto Dom Moacyr, deu início na segunda-feira, 21, ao projeto Humanização em Movimento, no auditório da Maternidade Barbará Heliodora.

O projeto tem como objetivo proporcionar melhorias aos atendimentos prestados às mulheres em trabalho de parto, recém-nascidos e às crianças, além de capacitar os servidores da saúde que trabalham diretamente ou indiretamente com os cuidados da saúde da mulher e criança.

A oficina tem duração de 80 horas e será realizada duas vezes por semana, com conclusão prevista para o fim de maio.

“A maternidade Barbará Heliodora é a primeira unidade a receber está capacitação com os servidores da saúde. Terminando, iremos dar continuidade com os demais servidores de outras unidades de saúde da capital”, informou Ana Claudia Batista, gerente do Departamento de Ensino, Pesquisa, Ciências e Tecnologia da Sesacre.

Durante o curso serão abordados temas no âmbito da gestão do trabalho, educação à saúde da mulher e criança.

“Nesse primeiro momento vamos trabalhar com 50 profissionais da saúde, 30 da maternidade e Hospital da Criança e 20 servidores da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) que atuam com o atendimento de pré-natal”, relatou Isamar Bezerra, gerente geral da Escola Técnica de Saúde Maria Moreira da Rocha.