Sesacre e Comitê de enfrentamento ao Covid-19 emitem parecer sobre realização da Expoacre 2021

Em resposta a solicitação da Secretaria de Estado de Empreendedorismo e Turismo (SEET), que pediu um diagnóstico situacional para a realização da Expoacre entre os meses de outubro e novembro deste ano, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesacre), e o Comitê de Enfrentamento ao Covid, emitiram dois pareceres importantes para a tomada de decisão quanto ao evento.

O primeiro parecer proveniente de informações do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs), indica que não é possível ter margem de segurança para a recomendação e realização da Expoacre, tendo em vista a necessidade de cautela relacionada às medidas de flexibilização das recomendações de distanciamento para redução da transmissão. “Enquanto a tendência de queda não tiver sido mantida por tempo suficiente para que o número de casos atinja valores significativamente baixos, não será possível ter margem de segurança para recomendação do evento, diz trecho do ofício.

O segundo e último parecer, advindo da coordenação do Plano Nacional de Imunização (PNI), informa que os dados a respeito da imunização e cenário incerto a respeito das pautas de distribuição da vacina nos próximos meses, não são suficientes e seguros para a liberação de eventos que envolvam grande número de pessoas, dando ênfase a chegada de uma nova cepa da pandemia com alta capacidade transmissão, além de incertezas quanto a disponibilização das vacinas pelo Ministério da Saúde (MS).

Levando os pareceres da Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre) e Comitê de Enfrentamento ao Covid-19, em consideração, o governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Empreendedorismo e Turismo (SEET), decidiu pela não realização do evento Expoacre 2021. “Acima de tudo nosso compromisso é com a vida das pessoas, não podemos correr riscos e diante do diagnóstico, sem segurança para a realização do evento, vamos seguir o parecer dos órgãos de controle da doença, priorizando a saúde e o bem estar das pessoas”, destacou o governador Gladson Cameli.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest