prevenção

Servidoras da Casa Civil participam de atividades em alusão ao Outubro Rosa

Servidoras da Casa Civil participaram, nesta segunda-feira, 24, de uma manhã de atividades alusivas ao Outubro Rosa, mês de conscientização sobre a prevenção do câncer de mama. A programação contou com uma palestra sobre o tema, coffee break, sorteio de brindes e dicas de maquiagem para as servidoras, em um local especialmente preparado para a ocasião.

O evento teve como objetivo principal alertar as mulheres sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e ainda do câncer de colo do útero.

Servidoras participaram de uma programação especial. Foto: Pedro Devani/Secom

Andreia Sampaio, que trabalha como copeira, falou sobre a importância do evento: “Nos sentimos valorizadas, amadas. No trabalho a gente se sente importante, como mulher, como mãe, como profissional”, ressaltou.

Lidiane Rodrigues, diretora Administrativa e Financeira da Casa Civil, destaca que a ação aborda a conscientização e prevenção do câncer por conta da grande porcentagem de mulheres acometidas pela doença atualmente.

“O Outubro Rosa vem com essa intenção de lembrar que as mulheres precisam estar fazendo esses preventivos, justamente para que não seja tarde. Caso venham descobrir um câncer, que possa ser tratado no início, e para que elas se sintam acolhidas e saibam que a Casa Civil e o governo estão interessados na saúde da mulher”, explicou.

O Ministério da Saúde orienta que mulheres com 40 anos ou mais devem procurar um ambulatório, centro ou posto de saúde para realizar o exame clínico das mamas anualmente. Além disso, toda mulher entre 50 e 69 anos deve fazer pelo menos uma mamografia a cada dois anos. Nos exames clínicos poderão ser identificadas alterações e, caso necessário, será indicado um exame mais específico, como a mamografia, que consiste em um raio-X da mama e permite descobrir o câncer quando o tumor ainda é bem pequeno.