Expoacre 2019

Serviços de saúde e educação robótica são oferecidos no Espaço Indústria da Expoacre

Quem visita a Expoacre 2019, encontra serviços de saúde e pode conhecer mais sobre o ensino da robótica no estande do Serviço Social da Indústria – Sesi.

No espaço Indústria os visitantes podem usufruir dos serviços de orientação de saúde bucal, aferição de pressão arterial, teste de glicemia e realizar avaliação física na balança de bioimpedância, que verifica através das digitais das mãos e dos pés o percentual de gordura do corpo, massa muscular e quantidade de líquido no organismo.

“A pessoa que realiza a avaliação pode levar as informações ao nutricionista para resolver algum problema que possa ser encontrado. Nossa expectativa é atender cerca de 600 pessoas por dia”, afirma Fran Fernandes, analista de Atividades Físicas e Esportivas do Sesi. 

Alceste Arlindo de Castro recebe atendimento de saúde no estande do Sesi Foto: Junior Aguiar/Secom

Alceste Arlindo de Castro, de 69 anos, recebeu o atendimento e elogiou os serviços oferecidos. “O atendimento está muito bom, com pessoas qualificadas e equipamentos sofisticados. É uma oportunidade para verificar se a saúde está em dia”, esclarece.

A robótica, outro destaque do Espaço Indústria, expõe projetos de alunos da Escola Sesi, que desde os primeiros anos escolares estudam tecnologia e ensino da robótica. 

A escola trouxe para a Expoacre uma amostra do que é trabalhado em sala de aula, usando os conjuntos lego, para despertar a tecnologia e o gosto pela robótica nos alunos. Eles programam e montam todo o robô a partir do 6° ano. Segundo o conceito da escola, isto é educação tecnológica que prepara para o futuro.

“A tecnologia agora tem que ser difundida desde pequeno. Isso abre a mente dos alunos para as profissões. Tenho alunas que já seguiram o rumo da mecatrônica, que já saíram do ensino médio sabendo o que queriam. Então eles já saem organizados para continuar os estudos dentro do ensino da tecnologia. É inclusive um forma de investir no crescimento do nosso Estado”, explica Suzana da Silva Lima, professora do 4° ano da Escola Sesi.  

Aluno Auton Neto com robô “Seguidor de Linhas”, programado e criado por ele e outros colegas da Escola Sesi Foto: Junior Aguiar/Secom

O estudante Auton Neto, do 9° ano, exibia o robô intitulado Seguidor de Linhas, criado por ele e outros alunos e diz que estudar robótica é um aprendizado a mais para o futuro. “É muito legal porque a gente aprende a trabalhar em equipe, estuda algumas palavras em inglês, para a própria robótica. Trabalhar com robótica ajuda na escolha de uma futura profissão”.

O Espaço Indústria engloba o setor industrial e o Sistema Federação das Indústrias do Acre (Fieac). O espaço conta com exposição de 40 empresas de diferentes setores como as de alimentação, mobiliário, construção civil, gráfica e confecção.