Serafim Salgado é a grande vencedora do Prêmio de Gestão Escolar 2008

Governador Binho Marques diz que prêmio comemora o sucesso do povo acreano na educação

dsc_0265.jpg

A marca da Serafim Salgado é a eficiência no relacionamento com a comunidade escolar e a família: professora Lúcia, diretora, cercada de emoção, mostra o cheque de R$10 mil e a passagem para os EUA. (Foto Sergio / Vale Secom)

 

dsc_0241.jpg

Maria Lúcia, diretora da Escola Luiza Batista, comemora o grande feito de 2008: Prêmio de Gestão Escolar representa um marco na administração do universo educacional (Foto Sergio Vale / Secom)

 

dsc_0237.jpg

A diretora da Escola Francisco Salgado vibra de alegria com o cheque de R$5.000,00 nas mãos: projeto bem-sucedido (Foto Sergio Vale / Secom)

A Escola Serafim da Silva Salgado,  de Rio Branco,  é a grande campeã do Prêmio de Referência em Gestão Escolar 2008 com o programa  pedagógico que valoriza a interatividade com a comunidade. Um de seus destaques é o projeto Escola Aberta. A Serafim Salgado recebeu das mãos da secretária de Estado da Educação, Maria Corrêia, o cheque de R$10 mil. Os funcionários receberão 20% de abono salarial e a diretora, Maria da Conceição, irá fazer uma viagem de intercâmbio educacional aos Estados Unidos.

O segundo lugar ficou com a escola Luzia Batista de Souza, também de Rio Branco, que levou o prêmio de R$7,5 mil. Na terceira colocação ficou a  escola Francisco Salgado Filho, recebendo o cheque de R$5 mil.  A cerimônia de premiação ocorreu na tarde desta segunda-feira, 4, no Teatrão. Cerca de 600 alunos e educadores representantes de vários municípios estiveram presentes.

O governador Binho Marques ressaltou o bem-sucedido trabalho de professores, gestores, pais e alunos no processo que elevou o Acre à nona colocação no ranking nacional do ensino e fez uma relação direta com o Prêmio de Gestão Escolar: "estamos aqui comemorando o sucesso do cidadão acreano".

Além dos representantes das dez escolas finalistas, estiveram presentes o secretário  de Educação de  Rio Branco, Moacir Fecury;  a presidente do Sindicato dos Professores Licenciados (Sinplac) Luziele Costa, e a presidente do Conselho Estadual de Educação, Iris Célia Cabanelas.  Fecury anunciou que o Acre foi o Estado escolhido para aprentar um painel sobre gestão escolar em encontro internacional  sobre educação que será realizado no Brasil.

Para Maria Correia, o Prêmio de Gestão revela que cada vez mais as escolas têm coragem de se colocar à prova: "Quando a escola se auto-avalia e se coloca para ser avaliada é porque está criando coragem e mostrando a sua cara, dizendo a que vieram", disse a secretaria.

 

Conheça as escolas vencedoras e o projeto de cada uma delas:

{xtypo_rounded2}1º lugar

Serafim Salgado: famílias recebem  até de cursos profissonalizantes

Localizada no bairro Aeroporto Velho, a proposta pedagógica elaborada pela escola Serafim da Silva Salgado tem sido um dos pontos importantes da instituição.  Ao apresentarem bons resultados, as experiências demonstram que a iniciativa de democratizar espaços eleva o aprendizado dos alunos e  torna harmoniosa a  relação com a comunidade onde a instituição está inserida.

Um bom exemplo dessa prática é o projeto Escola Aberta, que abre os portões da Serafim Salgado nos finais de semana para os moradores da região e os pais dos estudantes participarem de atividades culturais, esportivas e cursos profissionalizantes. Mas, a responsabilidade social da Serafim não passa apenas pela integração, a unidade desenvolveu trabalhos de combate às drogas e preservação do meio ambiente, além do projeto de incentivo ao gosto pela leitura "Parada pela leitura" em que uma vez por mês, toda a comunidade escolar se dedicava exclusivamente durante duas horas a ler algum livro.

Nesse contexto, a escola construiu um ambiente que respeita os alunos, os educadores e a comunidade, implementando um currículo que propicie aos educandos condições de fato, de aprendizagem através dos projetos desenvolvidos e das diferentes linguagens, sendo respeitados como sujeitos sociais e de direitos, capazes de pensar e agir de modo crítico e criativo.{/xtypo_rounded2}

{xtypo_rounded2}2º lugar

Luiza Batista:  taxa de abandono próxima de zero e Ideb de 4,2

Iniciativas que colocam como prioridade a formação e valorização integral do aluno e tomam como base o respeito mútuo, a criatividade e a excelência no ensino da escola Luiza Batista de Souza.  A evolução do rendimento escolar dos alunos de 1ª a 4ª é muito positiva, em torno de 88%, número que vem aumentando significativamente a cada ano. No caso da EJA, este percentual fica em torno de 80%.A taxa de abandono chega a menos de 1% e o Índice de Desenvolvimento Educacional (Ideb) que era em 2005, de 3,9 alcançou na última avaliação 4,2.

O maior diferencial da Luiza Batista se revela no trabalho de parceria com pais, alunos, professores e funcionários que são convocados a caminhar na mesma direção, ou seja, rumo à melhoria da qualidade do ensino. Ação evidenciada através do programa "Mania de Ler" que estimula a leitura e a escrita, além de estabelecer que o autor confeccione o seu próprio livro, despertando assim, sua criatividade artística. Concluída essa etapa a comunidade escolar fica responsável em julgar e eleger o melhor roteiro literário produzido em sala de aula, por alunos da 1ª a 4ª série.{/xtypo_rounded2}

{xtypo_rounded2}3º lugar

Francisco Salgado Filho:  nota 4,3 no Ideb e aposta na família

Escola Francisco Salgado Filho, que obteve nota 4,3 na ultima avaliação do Ideb, índice para ser obtido apenas em 2013, aposta na relação família escola como diferencial para levar o título. Se depender do otimismo da equipe gestora, professores e dos alunos da Escola Francisco Salgado Filho, a instituição é campeã do Prêmio Estadual de Referência em Gestão Escolar 2008.

"Nossa grande parceria com a família só nos trouxe benefícios. Sabemos que o estudante tem o domínio do conhecimento, mas com a entrada da família seu interesse pelo estudo aumenta significativamente", afirma a diretora Maria da Conceição.

Para trazer a família até o ambiente escolar, os professores e todo corpo administrativo da Salgado Filho não pouparam esforços e criaram o projeto "Escola e família de mãos dadas". Através de ações simples, como eventos comemorativos, seminários, campanhas educativas e reuniões periódicas, a escola estimula os pais a freqüentarem o espaço, o que elevou a freqüência escolar e a média dos alunos. O índice de aprovação na série final é de 98%, e de menos 1% em abandono escolar. Com um amplo espaço físico, que contempla área de recreação, horta escolar e um ambiente dedicado exclusivamente a leitura, a Salgado Filho tem realizado várias iniciativas para tornar o convívio dos alunos e funcionários estimulante, como os projetos  "Baú da Leitura" e "Para Gostar de Ler" que consistem em despertar nas crianças o gosto pela leitura através de poesias e peças teatrais.{/xtypo_rounded2}

 

O QUE ELES DISSERAM

{xtypo_quote}"O Governo está de parabéns, esse prêmio é a demonstração e o reconhecimento ao trabalho que desenvolvemos todos os dias com os nossos alunos"{/xtypo_quote}

Luziele Alves,
presidente do Sindicato  dos  Professores Licenciados do Acre

{xtypo_quote}"Por muito tempo a escola ficou abafada, nada que se fazia era levado em conta. O Governo está reconhecendo a cada ano o papel que a escola pública está fazendo. Agradecemos aos educadores, pais e alunos que participam desta gestão educacional."{/xtypo_quote}

Iriscélia Cabanelas,
presidente do Conselho  Estadual de Educação

{xtypo_quote}"Isso é gestão: fazer com que os nossos alunos aprendam a ler e a escrever. Esse é um momento importante, avançamos no Ideb, Rio Branco está a frente de grandes capitais,como Belo Horizonte e São Paulo, esse é o nosso objetivo, levar educação de qualidade a todos."{/xtypo_quote}

Moacir Fecury,
Secretário Municipal de Educação