Segundo Distrito terá novo reservatório de água

Capacidade de reservação será de 4,5 milhões de litros

dsc_6770_adultora.jpg

Reservatório terá capacidade para 4,5 milhões de litros de água, volume que garante abastecimento para o Segundo Distrito (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Com capacidade de armazenagem de 4,5 mil metros cúbicos de água, o reservatório de água do residencial Santo Afonso, obra realizada com recursos do Governo do Estado, governo federal e prefeitura de Rio Branco, quando concluído irá abastecer todo o Segundo Distrito da capital junto com o já existente próximo ao Igarapé Judia.

O reservatório, que terá capacidade para 4, 5 milhões de litros, integra um conjunto de obras de saneamento e rede de distribuição de água. O governador Binho Marques, acompanhado do prefeito Raimundo Angelim e do diretor do Departamento Estadual de Águas e Saneamento (Deas), José Bestene, conferiu no último sábado, 29, detalhes do projeto.

O ano de 2009 será de execuções de obras da área de saneamento e abastecimento, fruto dos projetos elaborados ainda em 2008. Estão sendo construídos, além do reservatório do residencial Santo Afonso, uma adutora a partir da Estação de Tratamento de Água II (ETA) e ainda 67 quilômetros de rede de água e mais 30 quilômetros de rede de esgoto. "Nosso objetivo é alcançar 70% de esgotamento sanitário na cidade de Rio Branco e 100% de água tratada", disse o governador Binho Marques.

dsc_6761_adultora.jpg

Reservatório terá capacidade para 4,5 milhões de litros de água, volume que garante abastecimento para o Segundo Distrito (Foto: Sérgio Vale/Secom)

O diretor do Deas, José Bestene, diz que o grande impacto será na qualidade de vida dos moradores do Segundo Distrito da capital. Ele informou que em todas as regionais do Estado estão sendo desenvolvidas obras desse porte para melhorar as condições sanitárias da população dos municípios. Feijó foi escolhida como a primeira cidade a abrigar a Estação de Tratamento de Esgoto no interior do Estado.