Secretário de Desenvolvimento César Dotto diz que o Acre se preparou para integração regional

Para Dotto, o Estado vive hoje um momento importante com abertura de rodovias para o Peru via Vale do Acre e Vale do Juruá

cesar_dotto.jpg

Secretário de Desenvolvimento César Dotto durante encontro em Lima, no Peru (Foto: Onofre Brito/Secom)

Viajando com a comitiva acreana, o secretário de Desenvolvimento do Acre, Cesar Dotto, teve importante participação nas conversações e atividades referentes à integração regional. Ele representou o Estado do Acre na reunião ministerial, que teve a presença do presidente Lula e do presidente do Peru Alan García.

Para Dotto, o Acre se preparou para esta integração regional. "Na oportunidade da reunião ministerial foi aberto espaço para um representante do Acre. Na ocasião, não pude deixar de agradecer ao presidente Lula o apoio à preparação da infraestrutura. Estamos em fase de construção de um porto seco, em estudo uma zona de processamento de exportação e implementando empreendimentos industriais".

Segundo o secretário, na oportunidade, ele comentou os esforços que foram feitos desde a reunião de Cuzco, em maio, e nas duas importantes reuniões que se seguiram em Pucallpa e Cruzeiro do Sul. Ele conta que o presidente Lula ficou sensibilizado com a participação da comitiva de 129 acreanos, entre empresários e autoridades que se reuniu às comitivas Pucallpa, Huanuco e Ancash.

"Este momento foi um momento único e todos os acordos assinados beneficiam não só os acreanos, mas todos os brasileiros. Aqui, a gente tratou de fronteiras, de transporte aéreo, transporte de cargas e será importante para o Acre, mas também para Rondônia para Mato Grosso, etc. e também para o lado de cá, do Peru. Foram dias muito interessantes de muito trabalho".

Agência de Notícias do Acre – Qual a sua avaliação do resultado desse encontro?
César Dotto –
O governador Binho tem acompanhado isso o tempo todo. Esteve presente aqui o vice-governador César Messias e suas ausências na reunião com Lula se justificam, pois eles estão em outras missões também importantes. O governador Binho está discutindo o clima do planeta em Copenhague com outros secretários. Então vamos levar esta mensagem de otimismo que reinou em todos os participantes desta importante missão de trabalho e de esforço de todos que participaram deste momento histórico para o Acre. Neste momento estamos na sala de embarque no aeroporto de Lima onde está sendo anunciado pela primeira vez um voo internacional saindo de Lima direto para Cruzeiro do Sul. Com certeza é uma satisfação para a gente e todo o Vale do Juruá.

Agência de Notícias do Acre – O que o senhor acha da capacidade de tráfego de caminhões da rodovia de Rio Branco em Assis Brasil, já que o fluxo de veículos deve aumentar com a entrega da estrada?
César Dotto –
Todas as estradas estão dentro dos padrões do DNIT e com certeza o nosso Departamento de Estradas fez a rodovia nos padrões de carga estabelecidos. A gente não pode ter sim, excesso de carga e utilizar a rodovia acima dos limites legais estabelecidos. A estrada está dentro dos padrões técnicos nacionais, de acordo com as normas brasileiras. Não somos irresponsáveis, agora, os limites de carga devem ser respeitados.