Secretário dialoga com servidores sobre transição da Policlínica do Tucumã

Gestor esteve na unidade para conversar com servidores (Foto: Junior Aguiar)
Gestor esteve na unidade para conversar com servidores (Foto: Junior Aguiar)

O secretário de Estado de Saúde, Gemil de Abreu Júnior, visitou na manhã desta quarta-feira, 11, a policlínica do Tucumã, para conversar com os servidores sobre o processo de transição da unidade, que estava funcionando como Unidade de Pronto Atendimento (UPA) há alguns anos.

A partir da próxima segunda-feira, 16, a policlínica passa a funcionar de domingo a domingo, no horário de 7 às 19 horas, atendendo aos agendamentos referenciados para sua área de abrangência e demandas espontâneas.

A mudança no fluxo de atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Tucumã que permitirá que a unidade tenha mais médicos especialistas considerados de alta demanda, como por exemplo, cardiologistas, ortopedistas, pediatras, entre outros, proporcionando agilidade nos atendimentos.

“A escala dos servidores internos será mantida, para que não haja prejuízos à população. Além disso, a unidade contará com médicos residentes e médicos preceptores (orientadores de residentes), Programa de Residência Médica, equipe de profissionais fixa e pediatra, ginecologista, cardiologista e infectologista uma vez por semana, entre outros benefícios”, esclareceu Gemil de Abreu Júnior.

De acordo com o secretário, a unidade é classificada pelo Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES) como Policlínica, instituição médica que presta cuidados em saúde em regime de ambulatório.

“Para ser classificada como UPA, a unidade precisa funcionar 24 horas, e a policlínica do Tucumã sempre funcionou de 7 às 22 horas. Ocorre que, em 2009, em virtude da epidemia de dengue em Rio Branco e quando não havia ainda UPAs em Rio Branco, a unidade foi utilizada como pronto atendimento para atender a população nesses casos, por ter uma estrutura propícia”, finalizou.
Como fica o atendimento na Policlínica após a transição

  • Funcionamento de domingo a domingo, das 7 às 19 horas;
  • Pacientes que estiverem na unidade até às 19 horas e não foram atendidos só sairão após atendimento;
  • Os atendimentos serão realizados por agendamento referenciado para sua área de abrangência e demandas espontâneas;
  • A escala dos servidores internos será mantida para que não haja prejuízos à população;
  • Policlínica contará com médicos residentes e médicos preceptores (orientador de residentes);
  • A Policlínica contará com Programa de Residência Médica;
  • A Policlínica contará com pediatra, ginecologista, cardiologista e infectologista uma vez por semana;
  • A unidade terá equipe de profissionais fixa;
  • Campo de estágio para residências multiprofissionais na área da saúde;
  • Policlínica irá receber o Programa de Saúde Medicina da Família;
  • Serão realizados atendimentos com especialistas, preceptores e residentes.