Secretário de Educação visita escolas e anuncia melhorias

Visitas permitem conhecer de perto o dia-a-dia das escolas

Conhecer de perto a realidade e as experiências desenvolvidas nas escolas da rede pública estadual de ensino. É o que está fazendo o Secretário de Estado de Educação, Daniel Zen (Foto:Assessoria SEE)
Conhecer de perto a realidade e as experiências desenvolvidas nas escolas da rede pública estadual de ensino. É o que está fazendo o Secretário de Estado de Educação, Daniel Zen (Foto:Assessoria SEE)
Conhecer de perto a realidade e as experiências desenvolvidas nas escolas da rede pública estadual de ensino. É o que está fazendo o Secretário de Estado de Educação, Daniel Zen (Foto:Assessoria SEE)

Conhecer de perto a realidade e as experiências desenvolvidas nas escolas da rede pública estadual de ensino. É o que está fazendo o Secretário de Estado de Educação, Daniel Zen (Foto:Assessoria SEE)

Conhecer de perto a realidade e as experiências desenvolvidas nas escolas da rede pública estadual de ensino. É o que está fazendo o secretário de Estado de Educação, Daniel Zen, desde que iniciou sua gestão. Esta semana as escolas Raimundo Balbino, José Sales de Araújo e Alcimar Nunes Leitão foram as contempladas com a visita.

A alegria dos diretores, professores e alunos é demonstrada logo na recepção e durante a visita às instalações da escola. Peças teatrais, recital de poesias e o bate-papo descontraído com o corpo docente e discente demonstram a forma democrática de gestão da equipe de governo.

Para Daniel Zen, essas visitas são importantes por oportunizarem a aproximação com a comunidade escolar. “Não adianta só ensinar, nossa missão é formar cidadãos éticos para o futuro. O Acre está vivendo um momento histórico na educação. Passamos do último lugar na classificação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), em 1999, para o sétimo nos dias de hoje. Isso prova o compromisso com a educação de todos aqueles que têm dedicado suas vidas à missão de ensinar”, destaca.

Uma prova de que a educação do Acre está no caminho certo é demonstrada com os índices do Ideb que mostram uma evolução na qualidade da educação em todos os níveis de ensino – primeira e segunda etapas do ensino fundamental e ensino médio. As metas de progressão estabelecidas ao longo dos últimos anos têm sido superadas.

Para Daniel, isso é fruto de um trabalho realizado a muitas mãos, com a adesão de pais e alunos comprometidos com o processo de ensino aprendizagem das escolas. Nas visitas às salas de aula dos ensinos fundamental e médio tem-se aconselhado aos alunos que tenham a educação no centro de seus projetos de vida.

“Encerro meu terceiro mandato como diretora com chave de ouro, recebendo a visita do secretário Daniel Zen em nossa escola”, afirmou a diretora da Escola José Sales de Araújo, Marta Reis. Na oportunidade, ela ressaltou também a importância da visita do secretário às escolas por entender que, ao fazer isso, “ele conhece o dia-a-dia das escolas, e isso faz com que a comunidade escolar se sinta valorizada por perceber que existe a preocupação em conhecer o trabalho que está sendo desenvolvido nas instituições de ensino”.

Já para Teresinha Melo, da Escola Alcimar Leitão, a visita representa uma forma de diálogo que antes não existia. Na oportunidade, os diretores reivindicaram uma visita anual do secretário a todas as escolas da rede pública. “Esta é uma oportunidade única, pois aproxima a família escolar do secretário de Educação e sua equipe

Daniel concluiu afirmando: “Foi um privilégio compartilhar bons momentos com as equipes e alunos da Escola Raimunda Balbino e com todos das Escolas José Sales e Alcimar Leitão. São escolas com excelentes resultados no Ideb, com professores, servidores não-docentes e gestores altamente comprometidos. Na Escola Raimunda Balbino transmitimos a notícia da liberação de recursos, em dezembro próximo, de um projeto inscrito por nós há três anos no Plano de Ações Articuladas (PAR 2008), do MEC. Serão R$ 1.644.050,62 investidos em uma ampla reforma e readequação do espaço físico. A excelência pedagógica deve ser premiada com a excelência na infraestrutura. Melhores condições físicas de trabalho também integram a agenda de valorização profissional, junto às questões salariais, de organização da carreira e de formação inicial e continuada”.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest