“O Estado não está deixando por menos”, diz Graebner

Secretário de Segurança Pública Reni Graebner durante coletiva na tarde desta sexta-feira (Angela Peres/Secom)

Secretário de Segurança Pública Reni Graebner durante coletiva na tarde desta sexta-feira (Angela Peres/Secom)

O secretário de Segurança Pública, Ildor Reni Graebner, disse, nesta sexta-feira, 25, que o Estado está tomando todas as medidas, administrativa e criminalmente, para fazer frente à suposta ameaça feita por menores infratores a socioeducadores e a alguns juízes da Infância e Juventude, cujos nomes foram encontrados inscritos na parede do Centro Socioeducativo Aquiry, após a fuga de oito detentos no último dia 18.

Além de instauração de inquérito policial, de participação oficial do fato ao Tribunal de Justiça do Estado e de abertura de sindicância interna, uma das medidas foi a substituição do atual diretor da unidade, Marcos Tales Silva Araújo. O nome do novo diretor ainda não foi confirmado.

Três foragidos já  foram capturados e os demais continuam sendo procurados.