Secom e Rede Pública lamentam a perda do jornalista Ilson Nascimento

Fazer o bem sem olhar a quem. Esta frase era exercida diariamente por Ilson Nascimento. Jornalista desde 1972 e amante da profissão, construiu uma carreira profissional com ética e compromisso, exercendo diversas funções existentes dentro da Rádio Difusora Acreana, inclusive a de diretor de jornalismo, coordenando toda a equipe da casa. Mas não foram somente as notícias que ficaram para a história.

Seu Ilson era uma figura dócil e querida, o que, certamente, ficará marcado na memória de todos.

Ele nos deixa aos 68 anos de idade, após ter lutado o quanto pôde contra sérios problemas renais crônicos e cardiorrespiratórios.

Foram mais de três décadas dentro da Rádio Difusora Acreana, seu “xodó”. Ilson, o nosso eterno “Maninha”, tinha como cartão de visitas a gentileza e a amorosidade, qualidades que inspiraram inúmeras pessoas a seguirem na profissão.

Mais que um colega de trabalho, perdemos um grande amigo e profissional. A Rádio Difusora e os ouvintes que sempre visitaram a casa sentirão a falta da alegria e do otimismo de Ilson, que conquistou o respeito e a amizade de todos da Rede Aldeia de Comunicação e da Secretaria de Estado de Comunicação.

Toda a equipe está em luto. Manifestamos nossas mais sinceras condolências à família e rogamos pelo consolo e conforto necessários a todos neste momento.

Andréa Zílio

Secretária de Estado de Comunicação

Equipe Rede Aldeia e Secretaria de Estado de Comunicação

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest