qualificação

Saúde promove cursos de capacitação para fortalecer Atenção Básica

O Departamento de Ensino e Pesquisa da Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) realizou nesta quinta-feira, 15, a aula inaugural do curso de técnico de vigilância em saúde no auditório do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), para 39 profissionais que atuam na esfera estadual e municipal.

“O objetivo é capacitar tecnicamente, no sentido que eles possam agir de maneira crítica diante dos eventos na área de saúde e vigilância, permitindo também que eles possam ter condições técnicas para trabalhar as questões de prevenção, promoção e proteção a saúde”, destaca a gerente do Departamento de Ensino e Pesquisa da Sesacre, Patrícia Moura.

O curso técnico em vigilância tem carga horária de 1.560 horas e duração média de um ano e meio, e visa capacitar os profissionais de nível médio que atuam nos serviços de vigilância epidemiológica, vigilância sanitária, vigilância em saúde ambiental, vigilância das zoonoses e endemias nos municípios.

Patrícia Moura, Ensino e Pesquisa da Sesacre, durante aula inaugural do curso (foto: Júnior Aguiar)

A agente de endemias, Leuci Freitas, conta que, “o curso vai garantir o aprimoramento na minha área e uma qualificação a mais e quando eu chegar à casa do morador, eu saiba passar outras informações além das endemias”.

Desenvolvido pelo Departamento de Ensino e Pesquisa da Sesacre, o curso faz parte da política de educação permanente do Sistema Único de Saúde (SUS), sendo financiado pelo governo federal.

Alto Acre

Em Brasileia, a aula inaugural aconteceu na última quarta-feira, 14.  Além do curso técnico de Vigilância em Saúde, também está sendo realizada, no município, a especialização de nível técnico em ‘Procedimentos de Enfermagem’ para a rede básica com 360 horas. A aula inaugural dos cursos foi no auditório do Centro de Educação Permanente (Cedup) e abrange os profissionais de Brasileia e Epitaciolândia.

“Essas ações de educação são de apoio aos municípios no sentido de fortalecer a Atenção Básica e oportunizar a esses trabalhadores capacidade de melhorar cada vez mais os serviços de saúde oferecidos à população,” destaca Patrícia Moura.

A qualificação dos técnicos de enfermagem visa elevar a qualidade dos serviços prestados, para atender às demandas do serviço e da comunidade, por meio de ações de prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde, tanto em nível individual quanto coletivo.

Os cursos são realizados em parceria com Instituto de Desenvolvimento da Educação Profissional Dom Moacyr Grechi (IDM) e Escola Técnica em Saúde Maria Moreira da Rocha.