em alerta

Saúde monta unidades sentinelas em razão da visita do Papa ao Peru

Em decorrência da agenda do Papa Francisco às cidades de Lima, Trujillo e Puerto Maldonado, no Peru, e estando o Acre como rota terrestre ao país vizinho, o governo do Acre, em parceria com as prefeituras, montou unidades sentinelas de saúde para dar suporte, nesta sexta-feira, 19, aos turistas que estiverem passando em terras acreanas rumo ao país vizinho e necessitem de atendimento.

O pontífice já cumpre agenda no Peru desde quinta-feira, 18, e neste sábado, 20, finaliza sua visita em solo peruano na cidade de Puerto Maldonado, distante cerca de 550 quilômetros de Rio Branco, o que deve atrair milhares de brasileiros, sendo que grande parte passa pelo Estado.

Seis municípios estarão de prontidão para dar suporte aos viajantes durante a visita do Papa Francisco ao país vizinho. Confira:

  • Em Acrelândia, os atendimentos serão realizados na Unidade de Saúde da Família Ricardo Monteiro Rola, localizada na Rua Sete Quedas, nº 284, bairro Centro. Telefone (68) 3235-1426.
  • Em Plácido de Castro, os atendimentos seguem na Unidade de Saúde da Família Maria de Fátima Ferreira de Paula, na Rua Coronel Fontinele de Castro, nº 1080, bairro Centro. Telefone (68) 3237-1241.
  • Na capital, Rio Branco, o suporte é na Unidade de referência de Atenção Primária (Urap) Drª Cláudia Vitorino, na Rua Baguari, nº 40, bairro Taquari. Telefone: (68) 3221-4717.
  • Xapuri atende na Unidade Básica de Saúde Tia Vicência e Barraca da Saúde (Próximo a igreja católica), na Rua João Antônio de Carvalho, S/N, no bairro Laranjal. Telefone (68) 3542-2308.
  • Brasileia atende na Unidade de Saúde da Família Simão Mansou Bartha, localizada na Avenida Dr. Manoel Marinho Montes, S/N, no bairro Três Botequins. Telefone para contato: (68) 3546-4443.
  • Na região de fronteira com o Peru, o suporte em Assis Brasil está sendo feito na Alfândega, Rua Neide Batista, nº 480, bairro Centro. Telefone (68) 3548-1285.

O atendimento na unidade de Rio Branco será até as 19 horas; nas demais, o expediente se encerra às 18 horas.