atendimento especializado

Saúde Itinerante leva atendimento especializado em neuropediatria a crianças do Baixo Acre 

Sena Madureira testemunhou um evento significativo no campo da saúde e inclusão social neste final de semana. O governo do Estado do Acre, em colaboração com diversas instituições, realizou o primeiro retorno do Saúde Itinerante Especializado em Neuropediatria no muncípio, proporcionando atendimentos médicos e terapêuticos especializados para crianças com necessidades especiais, em particular aquelas que apresentam Transtorno do Espectro Autista (TEA). 

Primeiro retorno do Saúde Itinerante Especializado em Neuropediatria em Sena Madureira. Foto: Odair Leal/Sesacre

O evento, realizado nos dias 25 e 26, sexta-feira e sábado, na Creche Padre Paolino Maria Baldassari, trouxe uma gama de serviços abrangentes, incluindo atendimentos de neuropediatria, psicologia, fonoaudiologia, terapia ocupacional, fisioterapia, nutricionista, e pediatria.

Crianças foram um dos públicos-alvo na prestação do serviço. Foto: Odair Leal/Sesacre

Além dos atendimentos, um marco importante foi atingido com a emissão da Carteira Estadual da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (e-CEPTEA), uma iniciativa pioneira do governo do Estado, atendendo crianças de Sena Madureira e Manoel Urbano. 

Entrega da placa ao secretário Municipal de Saúde de Sena Madureira. Foto: Odair Leal/Sesacre.

Na ocasião, o secretário Municipal de Saúde de Sena Madureira, Donizety Fernandes, recebeu uma placa de homenagem da equipe do Saúde Itinerante Especializado, pela parceria e o trabalho que desenvolve com as crianças diagnosticadas com TEA e outros transtornos. 

Esse atendimento incluiu a realização de consultas médicas e encaminhamentos para exames especializados. Foto: Odair Leal/Sesacre

Foram atendidas 162 crianças, realizadas 78 consultas de retorno e 84 primeiras consultas, além de atendimentos de enfermagem, psicologia, fonoaudiologia, nutrição e de terapias ocupacionais, que totalizaram em 407 pessoas atendidas. 

O serviço incluiu a realização de atendimentos médicas e encaminhamentos para exames especializados, além da regulação de consultas em telemedicina, garantindo um acompanhamento completo e individualizado para cada criança atendida. Além da emissão de cerca de 85 carteiras.

Atendimento em Terapia Ocupacional. Foto: Odair Leal/Sesacre

A senhora Maria Rosenilda Oliveira, 50, moradora de Sena Madureira, foi a primeira mãe a tirar a e-CEPTEA da região do Baixo Acre e explicou que receber a Carteira Estadual da Pessoa com Transtorno de Espectro Autista é um momento de grande significado. Seu filho, Elio Nery, de 13 anos, é autista e tem dificuldades com barulho, por isso não pôde estar presente durante o processo.  

Rosenilda Oliveira mãe do Eloi Nery, com a carteirinha emitida, ao lado do promotor, Daison Teles. Foto: Odair Leal/Sesacre

“Essa carteira representa muito para nós, pois ela proporciona a ele prioridades nos atendimentos. Isso não só facilitará nossa rotina, mas também nos dá a esperança de uma inclusão mais efetiva e compreensiva. Estamos gratos pelo reconhecimento das necessidades das pessoas com TEA e por essa iniciativa que faz diferença em nossas vidas”, frisou Rosenilda. 

Atendimento especializado em Neuropediatria. Foto: Odair Leal/Sesacre

O promotor público Daison Teles destacou a relevância desse momento, ressaltando que a emissão das carteiras traz consigo a garantia de direitos para crianças e adolescentes com TEA.

“Esse é um momento muito importante, pois estão sendo implementadas um conjunto de direitos para essas crianças e para esses adolescentes. O Ministério Público está feliz por essa ação, pelas parcerias, de todas as instituições, para que possam efetivamente fazer com que o direito deles, seja garantido”, declarou.

Rosemary Vânia Fernandes, chefe da Divisão de Saúde Itinerante Especializado e o prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim. Foto: Odair Leal/Sesacre

O prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim, expressou sua gratidão pela oportunidade de auxiliar crianças com necessidades especiais. Ele enfatizou a importância do apoio governamental e das parcerias que tornaram esse evento possível: “Esse é um momento de felicidade para todos nós. A alegria de poder ajudar nossas crianças. Quero agradecer ao governo do Estado e ao Ministério Público por essa valiosa parceria”. 

Crianças atendidas no Saúde Itinerante Especializado em Neuropediatria em Sena Madureira. Foto: Odair Leal/Sesacre

A e-CEPTEA, emitida em formato digital e com validade estadual, é uma inovação que visa fornecer uma identificação eficaz para indivíduos com TEA, ao mesmo tempo em que garante uma série de benefícios e direitos. A iniciativa é resultado da colaboração entre a Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) e a Secretaria de Estado de Administração (Sead), estabelecida pela Lei nº 3.799, datada de 28 de outubro de 2021.