em Rio Branco

Saúde do Acre e Ministério da Saúde levam testagem e vacina contra a covid-19 à população

Com o objetivo de aumentar a cobertura vacinal em todo o país e fazer a testagem em larga escala, o Ministério da Saúde (MS) lançou uma campanha de vacinação em massa que ocorreu simultaneamente na manhã deste sábado, 22, nas capitais dos sete estados da região Norte.

A ideia do MS é estimular a vacinação de quem ainda não tem o esquema vacinal completo. O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, participou da mobilização em Manaus (AM), mas enviou representantes do ministério às outras capitais do Norte: Belém, Pará; Boa Vista, Roraima; Macapá, Amapá; Palmas, Tocantins; Porto Velho, Rondônia; e Rio Branco, Acre.

A secretária de Estado de Saúde, Paula Mariano, destacou a importância da união entre o Ministério, os estados e os municípios desde o início da pandemia: “Essa parceria tem sido muito importante ao enfrentamento da crise do coronavírus, o Ministério da Saúde nos auxiliou quando precisamos de mais leitos, na Operação Gota, levando vacinas ao interior e hoje fazemos um forte trabalho no convencimento da vacina, e percebemos que a população está aderindo”.

A vacinação indígena avançou muito no último ano. Foto: Odair Leal/Secom.

No Acre, o evento foi realizado na Policlínica Barral y Barral, comandada pelo diretor do Departamento de Determinantes Ambientais da Saúde Indígena, Rodrigo Santana. Estiveram presentes também na cerimônia a secretária de Estado de Saúde, Paula Mariano, o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, a secretária Municipal de Saúde, Sheila Andrade, a superintendente do Ministério da Saúde no Acre, Sheila Maziero, o presidente do Conselho de Secretaria de Saúde do Acre (Cosem), Vitor Martineli, a coordenadora do Distrito Especial Indígena do Alto Rio Purus, Carla Mioto e o diretor da policlínica, Jorge Pimenta.

“Hoje, aqui no Acre, eu estou vendo como o nosso Sistema Único de Saúde (SUS) está cada vez mais forte. A população aderiu em massa à testagem e à vacinação, e a população indígena está dando um show, nós temos a cobertura vacinal de primeira e segunda dose acima de 80%, e estamos a pleno vapor com a dose de reforço e agora, a vacinação das crianças”, afirma o representante do Ministério da Saúde na ação, Rodrigo Santana.

População teve acesso à testagem e vacinação na ação que ocorreu neste sábado. Foto: Odair Leal/Secom.

Mariano destaca ainda a importância dos mutirões de vacinação, que fazem parte de um trabalho importante para levar a vacina aos municípios do interior do Acre. Cerca de 86 mutirões já foram realizados apenas em 2022 levando a vacina a todos os acreanos.

A vacina é um importante mecanismo de defesa contra os sintomas da Covid-19, e ameniza as condições mais severas da doença, dessa forma, o número de internações em Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

“O aumento no número de vacinados evidencia a efetividade e eficácia da vacina, nossas internações em leito de UTI diminuíram significativamente, no ano passado chegamos a ter 106 leitos desse tipo ocupados. Hoje temos nove pessoas em UTI, e no levantamento que fizemos, elas estão sem o esquema vacinal completo. Estamos à disposição do Ministério para levar a vacinação à população o quanto antes, para que possamos sair desse cenário”, conclui Paula Mariano.