Ruas do Povo chega aos bairros Rui Lino I e II, Jardim Primavera e Jardim Brasil

O levantamento das ruas está sendo realizado durante o inverno para que a equipe técnica possa ver os pontos mais críticos (Foto:Assessoria Depasa)

O levantamento das ruas está sendo realizado durante o inverno para que a equipe técnica possa ver os pontos mais críticos (Foto:Assessoria Depasa)

Com o apoio da comunidade, representantes dos órgãos que compõem o Comitê Gestor do programa Ruas do Povo em Rio Branco estão realizando um levantamento técnico e social de todas as ruas que nunca receberam obras de infraestrutura, destacando os problemas e descobrindo vias que não estavam em projeto, mas que precisam ser integradas ao planejamento para receberem melhorias.

O levantamento das ruas está sendo realizado durante o inverno para que a equipe técnica possa analisar os pontos mais críticos e executar as obras atendendo as particularidades de cada bairro.

Após anos de lutas em busca de melhorias para os bairros, moradores renovaram suas esperanças ao receberem a visita técnica do comitê gestor no Rui Lino I e II, aproveitando cada momento para mostrar os problemas públicos e até domiciliares.

“Aqui é assim, quando não tem chuva, tem calor. Quando não tem lama, tem poeira. Calor com poeira a gente agüenta, mas a chuva que alaga tudo e trás lama para dentro de casa fica mais difícil”. Foi o que disse dona Maria José sobre a situação que há tanto tempo aflige a comunidade do Rui Lino. Ela acompanhou todo o percurso vistoriado e mesmo não morando mais na rua que receberá os benefícios não hesitou em acompanhar a equipe e apontar os problemas de cada rua, desde o olho d’água que deságua cortando a rua ao esgoto aberto nas encostas. Maria José, ainda disse ter se lamentado por ter vendido seu imóvel. “Eu gosto muito desse bairro, o problema eram as ruas que nesse período só dá pra passar de bicicleta e até assim atolar”.

Comitê Gestor do programa Ruas do Povo em Rio Branco realiza levantamento técnico e social de todas as ruas que nunca receberam obras de infraestrutura (Foto:Assessoria Depasa)
Comitê Gestor do programa Ruas do Povo em Rio Branco realiza levantamento técnico e social de todas as ruas que nunca receberam obras de infraestrutura (Foto:Assessoria Depasa)

Comitê Gestor do programa Ruas do Povo em Rio Branco realiza levantamento técnico e social de todas as ruas que nunca receberam obras de infraestrutura (Foto:Assessoria Depasa)

No bairro Jardim Brasil o presidente de bairro, Cláudio, junto com os representantes do Comitê caminharam por todas as ruas analisando os pontos mais críticos que precisam de obras urgentemente. “A gente esperava esses benefícios há muito tempo, agora o governo tá chegando pra perto do povo. Dessa vez não precisou a comunidade se manifestar, eles vieram nos procurar”, disse Cláudio.

Governo do Estado e prefeitura garantem obras de infraestrutura para todos os bairros de Rio Branco

Todos os bairros de Rio Branco serão beneficiados com pavimentação, rede de esgoto e água. Os bairros que já estão recebendo a visita técnica serão os primeiros a receberem os benefícios, os que ainda não receberam farão parte do segundo lote de obras. O intuito é iniciar as obras em todas as ruas intrafegáveis de Rio Branco, neste verão. Um dos grandes desafios destacados são as áreas alagadiças.

Segundo o presidente em exercício da Emurb, Jorginei Fernandes, o município sozinho não tem estrutura para solucionar o problema de toda população da capital. “Nós estamos juntando esforços com o governo do Estado para que possamos resolver ou minimizar esse sofrimento o mais rápido possível. O acompanhamento da Emurb com o comitê gestor nos bairros é uma determinação do prefeito Raimundo Angelim. Estamos participando de todo processo até as visitas nos bairros para beneficiar o mais rápido possível essa população que no inverno passa por uma situação muito difícil”, esclareceu.

Para o diretor de pavimentação do Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa), Marco Lourenço, esse inverno promete ser o último preocupante para os moradores. “Estamos vivendo dois momentos, um momento de interação com a comunidade, vivenciando sua rotina no inverno, e a anunciação do programa Ruas do Povo está chegando aos bairros de Rio Branco. No decorrer das obras a equipe continuará exercendo esse trabalho junto com a comunidade para que tudo ocorra sem nenhum transtorno. A cada visita nos bairros, com a ajuda dos moradores, identificamos diferentes problemas e novas ruas, imediatamente realizamos o levantamento topográfico para incluir essas ruas no projeto. Estamos trabalhando para que esse seja o último inverno com lama dos bairros contemplados”, afirmou.

Em visita ao 41º bairro, o presidente do Comitê Gestor e diretor presidente do Deracre, Marcus Alexandre, disse que 19 bairros estão em obras, mais 13 em processo de contratação e 36 em fase de projeto, como é o caso do Rui Lino. “Nós estamos visitando os bairros com os presidentes para que neste inverno todos os problemas maiores, com relação à drenagem, ao sistema de água, as valas, ao esgotamento sanitário, possam ser identificados. Este é o momento adequado para trazer as equipes para ter a sensibilidade necessária para dar toda atenção quando as obras iniciarem”.

“Essa casa eu não vendo mais”

Dona Antônia Epifânia, 61 anos, moradora da Rua Boucanville (Foto:Assessoria Depasa)

Dona Antônia Epifânia, 61 anos, moradora da Rua Boucanville (Foto:Assessoria Depasa)

Já quase sem esperanças de melhorias para o bairro Jardim Primavera, dona Antônia Epifânia, 61 anos, moradora da Rua Boucanville, há 18 anos enfrenta graves problemas no inverno com a falta de pavimentação na rua, sem água diariamente e um sistema de esgoto adequado. Ela entrou em desespero e colocou sua casa a venda, mas devido às visitas da equipe do comitê gestor mudou de ideia. “Eu já não aguentava mais ver o benefício chegar a todas as ruas e na minha não. Cheguei a pensar que eles tinham esquecido completamente dos moradores da Boucanville. Mas, graças a Deus, parece que tudo vai melhorar, agora com essa visita do pessoal do Ruas do Povo eu renovei minhas esperanças e não vou mais vender. Esperei há tanto tempo e agora que a melhoria está chegando eu não vou sair mesmo. Essa casa eu não vendo mais”, disse animada.

Para a presidente do bairro Jardim Primavera, Maria José, as visitas dos representantes do governo e da prefeitura, de casa em casa, ouvindo e falando diretamente com os moradores estão sendo motivadoras. “As vistorias resgataram de a autoestima do povo. É isso que a população quer: interagir com o governo e fazer parte das avaliações e decisões”.