Reunião discute parceria entre Idaf, Seaprof e produtores em Feijó

Parceira discute ações conjuntas importantes para os produtores (Foto: Leônidas Badaró)
Parceira discute ações conjuntas importantes para os produtores (Foto: Leônidas Badaró)

Unir esforços para oferecer serviços e levar benefícios com mais qualidade aos produtores rurais. Esses são os objetivos de uma parceria entre o Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf), Secretaria de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof) e Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) de Feijó.

Em uma reunião na manhã desta terça-feira, 23, o diretor-presidente do Idaf, Mamed Dankar, o gerente do escritório da Seaprof no município, Valternilton Souza, e o presidente do STR, Antônio Sergione Paiva, discutiram de que forma as instituições podem desenvolver ações conjuntas que resultem em um oferecimento maior de serviços em defesa da produção rural.

O entendimento é de que as viagens, principalmente para as comunidades ribeirinhas, devem ser aproveitadas para oferecer ao produtor atividades dos dois órgãos governamentais. Além do trabalho de fomento da agricultura familiar desenvolvido pela Seaprof, o sindicato rural vai identificar quais são as outras demandas que podem ser atendidas pelo Idaf em cada comunidade.

Trabalhando integrado fortalecendo a produção rural

“O que estamos fazendo aqui em Feijó é dando as mãos para oferecer ao produtor rural mais condições para produzir. Nas comunidades onde a Seaprof e o STR identificarem que é necessária a nossa ação, já enviamos também a nossa equipe, principalmente na oferta de cursos para o combate às pragas que prejudicam a produção agrícola”, destaca Mamed Dankar.

A Seaprof de Feijó realiza constantes visitas aos produtores rurais que moram às margens dos rios. “Nós conseguimos identificar em várias comunidades a necessidade de trabalho do Idaf. Com essas ações integradas, os produtores só têm a ganhar”, afirma Valternilton Souza, gerente da secretaria no município.

O sindicato, que representa mais de três mil famílias de produtores rurais, comemora a parceria e a possibilidade das ações conjuntas para o homem do campo.

“Nós estamos animados. O governo do Acre já é parceiro do produtor. Se tivermos essas atividades das duas secretarias juntas vai ser ainda melhor para quem produz em Feijó”, enfatiza Antonio Sergione Paiva, presidente do STR.