Iniciada reforma de escritório da Seaprof em Xapuri

Um dos escritórios que estão sendo reformados é o do município de Capixaba que vai ser entregue dentro de um mês (Foto: Leônidas Badaró)
Um dos escritórios que estão sendo reformados é o de Capixaba, que deve ser entregue em um mês (Foto: Leônidas Badaró)

A Secretaria de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof) tem realizado investimentos para melhorar as condições de trabalho de seus servidores. Um deles é a reforma das instalações físicas dos escritórios no interior do estado.  Nesta semana, começam as obras da unidade de Xapuri.

No último sábado, 17, Glenilson Figueiredo, gestor da Seaprof, visitou o prédio, que passará por ampla reforma que custará R$ 203 mil. O local, atualmente, está em condições deficitárias para receber os servidores e atender os produtores familiares que procuram apoio do governo.

“Nossa prioridade é que os funcionários tenham as melhores condições possíveis de trabalho. Um ambiente adequado faz com que os serviços sejam oferecidos com a qualidade que o nosso produtor espera e merece”, disse.

Enquanto a unidade passa por obras de reforma, os produtores familiares de Xapuri que precisem de atendimento da Seaprof devem se dirigir ao endereço provisório do órgão na Rua 24 de Janeiro, esquina com a Pio Nazário, no Centro.

“Estamos felizes que a Seaprof tenha olhado para as nossas condições de trabalho aqui de Xapuri. Ficamos animados porque, depois da reforma, as condições serão muito melhores”, destaca Leide Aquino, gerente do escritório no município.

Xapuri é o último de quatro escritórios do interior que estão sendo reformados. Em Sena Madureira, Assis Brasil e Capixaba, as obras já foram iniciadas e estão perto de ser concluídas.

No total, as obras de reforma nos municípios somam R$ 744 mil e devem ser concluídas até meados de dezembro.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest