Rádio

Rádio Difusora é homenageada em sessão solene na Aleac

Valorização dos servidores por meio de um plano de carreira e transmissor mais moderno são algumas das mudanças já empreendidas no governo Gladson Cameli

Foi uma celebração memorável para o rádio acreano. Estiveram ali reunidos, de uma só vez, Nilda Dantas, Reginaldo Cordeiro, Edmar Bezerra, Ivan de Carvalho, Zezinho Melo, Antônio Pereira, Egídio de Oliveira, Raimari Cardoso e um tanto e um bocado de outros craques das ondas de rádio que compõem hoje o time de locutores da Rádio Difusora Acreana (RDA), nesta segunda-feira, 26, por ocasião dos seus 75 anos de sua fundação.

A cerimônia, na Assembleia Legislativa do Estado do Acre (Aleac), foi feita após requerimento de autoria do deputado Gerlen Diniz, que em 1991 teve o seu primeiro emprego como locutor no Sistema Público de Comunicação. A homenagem foi para os grandes baluartes da Voz das Selvas, como é mais conhecida a emissora, ao longo de suas sete décadas e meia de existência.

A solenidade acontece numa fase em que o governo Gladson Cameli, dentro de apenas oito meses de administração, resgata um novo momento para a RDA, enquanto ferramenta importante de comunicação para as pessoas, sobretudo àquelas mais distantes do interior do estado.

A homenagem foi para os grandes baluartes da Voz das Selvas, como é mais conhecida a emissora, ao longo de suas sete décadas e meia de existência Fotos: Diego Gurgel/Secom

Gladson Cameli recebeu a rádio enfraquecida, sucateada, com servidores desmotivados. E foi preciso então resgatar a autoestima e a confiança de todos, investindo em novos equipamentos e iniciando um momento histórico na vida desses trabalhadores, a elaboração, pela primeira vez, do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), que vai adequar os salários que estão há décadas ‘achatados’, sem reajustes.

A partir de agora, a programação também vai mais longe, com a compra e a instalação de um novo transmissor, que ampliou o sinal, antes de apenas 0,5 quilowatt, para 10 quilowatts. Isso significa que as pessoas que vivem nos locais mais distantes do estado vão receber a programação no quintal de suas casas sem a necessidade de uma antena externa.

“São principalmente para os seringueiros, os colonos, os ribeirinhos, as famílias mais humildes, a quem me dirijo hoje. Me refiro ao seu João, na Serra do Divisor e à dona Maria do Seringal Bagaço, por exemplo. Gente trabalhadora que vive lá no coração da floresta, e que tem a rádio como companheira diária para ouvir música e estar bem informada”, ressaltou o governador Gladson Cameli.

A sessão solene desta segunda-feira na Aleac foi transmitida ao vivo pela nova RDA e pelas emissoras que fazem parte do Sistema Público de Comunicação, para todo o estado. E não tinha momento mais tranquilo, mais favorável para reconhecer também aqueles que deixaram saudade. Ademar de Barros, Paulo Campos Pereira, Ilson ‘Maninha” do Nascimento, Estevão Bimbi, Elizeu Andrade, José Chalub Leite e Periquitão formam a plêiade de grandes nomes lembrados como baluartes da emissora.

A sessão solene desta segunda-feira na Aleac foi transmitida ao vivo pela nova RDA e pelas emissoras que fazem parte do Sistema Público de Comunicação, para todo o estado Fotos: Diego Gurgel/Secom

Participaram também da sessão solene o vice-governador, Major Rocha, a secretária de Estado de Comunicação, Silvania Pinheiro, o diretor da Fundação Aldeia, Alderian Campos, o coordenador-geral da Rádio Aldeia FM, Jairo Carioca, o diretor da Rádio Difusora Acreana, Raimundo Fernandes, além de parlamentares da Aleac, secretários de Estado e servidores da Difusora.

Emendas de R$ 1 milhão garantidas para modernizar sistema

Além do PCCS dos servidores da Difusora Acreana, projeto que será tocado na Aleac pelo deputado Gerlen Diniz, outro diferencial será a modernização dos equipamentos das rádios do interior do estado que integram o Sistema Público de Comunicação.

Segundo a jornalista Silvânia Pinheiro, secretária de Estado de Comunicação, esses recursos, que também servirão para a revitalização dos prédios das emissoras, virão por meio de emendas parlamentares dos deputados e senadores da bancada acreana em Brasília.

“Já temos R$ 600 mil de uma emenda da senadora Mailza Gomes e outros R$ 400 mil do deputado federal Alan Rick. Mas outros parlamentares como a deputada Perpétua Almeida, a deputada Wanda Milani e o senador Marcio Bittar também já se manifestaram no sentido de destinar emendas para que possamos recuperar as sedes e o parque tecnológico de nossas rádios”, frisou Silvânia Pinheiro.

A secretária ressaltou que tanto a RDA quanto as demais rádios do interior do estado são espaços democráticos, que devem servir às pessoas. “As rádios não são do político e não são do governador Gladson Cameli. Elas são do povo e para o povo que deverão servir”, completou Pinheiro, enfatizando o novo momento que vive a comunicação institucional do Acre.

A volta dos tradicionais programas de auditório

O vice-governador Major Rocha, que na década de 1980, trabalhou na imprensa acreana como jornalista, anunciou a possibilidade de uma das maiores atrações do rádio nas décadas de 40 a 70, os programas de auditório que atraiam a audiência de milhares de pessoas.

Rocha disse que já contatou a deputada federal Mara Rocha para que destine emendas de bancadas para a recuperação de um prédio do Governo do Estado desocupado, próximo à Rádio Difusora Acreana, para que seja usado para essa finalidade, o resgate dos programas de auditório.

“A nossa querida Rádio Difusora, a maior escola de comunicação da Amazônia, também vai comemorar em muito breve avanços importantes. E um deles será o retorno dos programas de auditórios”, destacou Rocha.

Esse, aliás, era um sonho antigo do atual diretor-geral da RDA, o jornalista Raimundo Fernandes.

“Nós agradecemos muito por tudo o que está acontecendo. Por termos um governo que incorporou os nossos sonhos e que se preocupa com a sua gente, a população mais humilde que nos acompanha e que precisam dos serviços da Difusora. E servir, para nós, é e sempre será a nossa grande missão”, disse Fernandes.

A lista dos profissionais homenageados

Da Difusora em Rio Branco

Reginaldo da Silva Cordeiro

Francisca das Neves de Lima

Elza de Holanda Pantoja

Zuleide Martins do Nascimento

Edmar Bezerra Ramos

José Menezes da Silva

Ivan de Carvalho da Silva

Nilda Dantas Pires

José Francisco de Melo Filho

Das rádios dos municípios

Egildo Oliveira de Almeida

Antônio Alves Pereira

Raimari Sombra Cardoso

Eduardo Reis Ferreira Diniz

Reinaldo Moreira de Souza