Proposta de Base Nacional Comum é apresentada com participação do Acre

A proposta é para uma construção coletiva com ampla participação social (Foto: Ascom/Consed)
A proposta é para uma construção coletiva com ampla participação social (Foto: Ascom/Consed)

O secretário de Estado de Educação e Esporte Marco Brandão e a diretora de Ensino Rúbia Cavalcante participam, em Brasília, do lançamento da proposta preliminar de construção da Base Nacional Comum (BNC). O evento tem a participação do secretário da Educação Básica, Manuel Palácios, e do Ministro da Educação, Renato Janine.

“É uma oportunidade única de, com a proposição da BNC e envolvendo toda a comunidade escolar brasileira nesse debate público, garantir padrões de qualidade para a educação do país, para todos os brasileiros”, destacou Brandão.

O evento tem a participação do secretário da Educação Básica, Manuel Palácios e do Ministro da Educação, Renato Janine, que destacou o trabalho de 29 comissões, cerca de 130 pesquisadores, reunindo professores nas salas de aula, representantes de secretarias municipais e estaduais e sociedades científicas na construção do documento. “É a base sobre a qual podemos construir uma mudança significativa na educação”, analisou.

O objetivo da ação é aprimorar a educação básica como um todo. São 12 direitos expressos nos textos introdutórios que serão trabalhados por etapas. A elaboração de um currículo evidencia escolhas feitas em dado momento e por decisões políticas. Nesse caso, a proposta é ter ampla participação popular de professores, organizações educacionais e de áreas do saber no processo.

Sobre a Base Nacional Comum

A BNC vai deixar claro os conhecimentos essenciais aos quais todos os estudantes brasileiros têm o direito de ter acesso e se apropriar durante sua trajetória na educação básica, ano a ano, desde o ingresso na creche até o final do ensino médio. Com ela os sistemas educacionais, as escolas e os professores terão um importante instrumento de gestão pedagógica e as famílias poderão participar e acompanhar mais de perto a vida escolar de seus filhos.

A Base será mais uma ferramenta que vai ajudar a orientar a construção do currículo das mais de 190 mil escolas de educação básica do país, públicas ou particulares.

Com a BNC, ficará claro para todo mundo quais são os elementos fundamentais que precisam ser ensinados na Matemática, nas Linguagens e nas Ciências da Natureza e Humanas.

Para conhecer os detalhes da iniciativa assista ao vídeo: