Programa Ruas do Povo chega aos bairros Taquari e Vila Nova

Moradores do Taquari ficam animados com a notícia da pavimentação de ruas. Para Marcus Alexandre é importante ouvi-los (Gleilson Miranda/Secom)
Moradores do Taquari ficam animados com a notícia da pavimentação de ruas. Para Marcus Alexandre é importante ouvi-los (Gleilson Miranda/Secom)

Moradores do Taquari ficam animados com a notícia da pavimentação de ruas. Para Marcus Alexandre é importante ouvi-los (Gleilson Miranda/Secom)

Os moradores do Taquari acordaram na manhã dessa quarta-feira, 25, com uma visita bastante bem vinda, a do Comitê Gestor do Programa Ruas do Povo, que se prepara para pavimentar as ruas do bairro. A visita foi comandada pelo diretor-geral do Deracre, Marcus Alexandre, que também é o coordenador de Rio Branco no programa. Mesmo sobre chuva, a equipe percorreu todo o Taquari a pé.

“Estamos aqui no inverno, durante a chuva, que é justamente para identificarmos os problemas de escoamento, as maiores dificuldades, e assim encontrar soluções”, justificou o coordenador Marcus Alexandre. O Ruas do Povo é um dos principais programas do Governo do Estado. Ele surgiu do compromisso do governador Tião Viana de pavimentar todas as ruas das cidades acreanas que, até então, não haviam recebido a intervenção do poder público.

Só no bairro Taquari, em Rio Branco, serão pavimentados 11 km das 38 ruas. Um investimento de R$12 milhões que vai beneficiar aproximadamente 18 mil pessoas.

Na tarde da quarta-feira, o comitê passou pelo Vila Nova, nas proximidades da Antônio da Rocha Viana. O bairro Vila Nova possui apenas onze ruas, sendo que seis já foram pavimentadas. O Ruas do Povo vai chegar às cinco ruas que faltam ser pavimentadas e restaurar as outras seis que já estão, totalizando mais de 3 km.

O coordenador do Comitê Gestor do Programa Ruas do Povo tem orientado sua equipe de engenheiros a ouvir os moradores. A justificativa, segundo Marcus Alexandre, é simples, “São dos próprios moradores que surgem, muitas vezes, as principais soluções, porque são eles, afinal, que convivem diariamente com os problemas”.

Visita em dia chuvoso ajudou a identificar problemas (Gleilson Miranda/Secom)

Visita em dia chuvoso ajudou a identificar problemas (Gleilson Miranda/Secom)

No programa Ruas do Povo acontece a junção da pavimentação das ruas com a instalação da rede de água e esgoto. Marcus Alexandre lembrou que o Taquari já tem rede de água, mas que ela será agora fornecida pelo reservatório do Residencial Santo Afonso, recém inaugurado. O desafio, segundo ele, será fazer com que a rede de distribuição chegue a todas as casas.

O presidente da Associação de Moradores do Taquari, Salim Manacio, contou que na conversa com o Comitê Gestor do Programa Ruas do Povo ficou definido que as primeiras ruas a receber o programa serão as piores e justamente aquelas que mais possuem idosos, crianças e deficientes, “Esse é mais que um benefício, é uma conquista”.

As obras do Ruas do Povo no bairro Taquari começam em maio. Moradores como Raimundo da Silva receberam a notícia com entusiasmo. “É muito bom ver o povo aqui pra trabalhar, pra colocar as coisas em andamento”, conta o senhor que mora na Rua Tambotá e precisa lidar com a tabatinga todos os dias do chuvoso inverno amazônico. Ainda Bezerra dos Santos não conteve a felicidade com a novidade de que sua rua será finalmente pavimentada, “Que boa notícia logo pela manhã. E eu gosto é assim, de ver o governo trabalhando até debaixo da chuva”.

Só em Rio Branco, o programa Ruas do Povo pavimentou, ate o final de 2011, 26 km em 84 ruas de 22 bairros. Até o final de 2014, só na capital, serão 303 km de ruas pavimentadas.