saúde

Profissionais do Estado participam de Especialização em Epidemiologia Aplicada aos Serviços do SUS

Iniciou-se nesta terça-feira, 18, o Curso de Especialização em Epidemiologia Aplicada aos Serviços do SUS – Episus Intermediário. Trata-se de uma iniciativa do Ministério da Saúde em parceria com a Fiocruz.

O curso foi organizado em oito módulos, sendo seis a distância e dois presenciais. Durante o curso, os alunos irão atuar em seus postos de trabalho, e conduzirão projetos para praticar, implementar e consolidar tudo o que irão aprender durante as aulas.

“O Episus Intermediário tem como objetivo qualificar os profissionais das secretarias estaduais e municipais de saúde, para melhorias das ações de vigilância epidemiológica no fortalecimento da saúde pública, por meio da capacidade de avaliar o sistema de vigilância nas investigações e controles de surtos, planejamento e realização de estudos no âmbito regional e local”, ressalta o apoiador do Vigiar SUS no Acre, Marcos Malveira.

Sesacre realiza curso de Especialização em Epidemiologia Aplicada aos Serviços do SUS. Foto: Cedida.

O programa executa um treinamento em epidemiologia de campo com o objetivo de fortalecer a capacidade nacional de vigilância em saúde, investigação epidemiológica e resposta às emergências em saúde pública e terá a duração de 8 meses, contemplando todos os estados da federação, totalizando 800 profissionais em treinamento.

“O foco principal da especialização é a identificação e o levantamento de um problema de saúde local, cuja resposta deve ser elaborada por meio de um projeto que deve ser aplicado pelos alunos do Estado, e desenvolvido em grupo”, destaca Marcos.

No Acre, 18 profissionais, incluindo Secretaria de Estado de Saúde- Sesacre, Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde – CIEVS capital, CIEVS fronteira e Distritos Sanitários Especiais indígenas- DSEI, Alto Rio Juruá e Alto Rio Purus estão participando do curso para qualificação do trabalho de Vigilância em Saúde no SUS.