Ponto “Mistura de Culturas” oferece curso de Desenho e Pintura

A oficina de Desenho e Pintura, em Epitaciolândia, recebe cerca de 80 alunos (Foto: Assessoria FEM)
A oficina de Desenho e Pintura, em Epitaciolândia, recebe cerca de 80 alunos (Foto: Assessoria FEM)

O Ponto “Mistura de Culturas”, coordenado pela Associação de Jovens (AJE) de Epitaciolândia iniciou, nesta semana, mais um projeto de formação na área artística.  A oficina de “Desenho e Pintura”, ministrada pelo professor Romulo Barbosa, ocorre na segunda, quarta e sexta-feira, das 14 às 16 horas, e das 16 às 18 horas. Cerca de 80 alunos, divididos em duas turmas, participam das aulas na Paroquia da Igreja São Sebastião.

Para alguns alunos, o curso é uma forma de terapia e lazer, já outros pretendem se aprimorar na arte. Elislyei Maffi é considerado um talento no desenho. Quem conhece o trabalho feito por Maffi se admira com o potencial artístico – o aluno é um dos mais empolgados da turma.

“Eu vibrei quando soube do curso, nem acreditei. Sempre quis me aperfeiçoar, mas não tive como, pela falta de condições de bancar uma formação assim. Só tenho a agradecer ao governo e a FEM por essa oportunidade. Vou me dedicar ao máximo para absolver a maior quantidade de técnicas possíveis para melhorar meu trabalho”, afirmou Elislyei.

“Os Pontos de Cultura são espaços de transformação, experimentação e encanto. É gratificante ver o resultado desse trabalho nas comunidades”, comenta Karla Martins, presidente da Fundação Elias Mansour (FEM).

“Temos uma juventude carente de projetos que lhe possibilite mostrar suas qualidades. Estamos felizes com a participação da comunidade nos cursos”, disse Cleomar Portela, coordenador do Ponto.

O Ponto “Mistura de Culturas” é financiado pelo Programa de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), do Ministério da Justiça, por meio da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) e pelo governo do Estado, através da Fundação de Cultura Elias Mansour (FEM).