capacitação

Policiais militares do Acre se formam em cursos especializados em São Paulo

A 3º sargento L. Saraiva ficou em 3º lugar durante o curso, após um empate com com os dois primeiros colocados. Foto: Cedida.

Durante 30 dias, a sargento Leidimar Saraiva e a soldado Vanessa Almeida estiveram em solo paulista, em busca de aprimoramento técnico em suas áreas de atuação policial. Atuantes em unidades especializadas da Polícia Militar do Acre (PMAC), as militares participaram de cursos específicos oferecidos pela Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMESP).

Oriunda do Curso de Formação de Soldados 2009 (CFSd 2009), a 3º sargento Leide Saraiva, desde 2012 tem atuado na área do trânsito, lotada no Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran). A militar foi uma das 35 concludentes do Curso de Especialização Profissional de Trânsito Urbano, realizado no Comando de Policiamento de Trânsito (CPTRAN/PMESP).

A militar destaca a importância da capacitação para sua carreira profissional. “Por trabalhar em um batalhão especializado em policiamento de trânsito urbano é de suma importância que estejamos capacitados e preparados para a atividade a ser desenvolvida, e assim melhor cumprir a missão do batalhão, que tem por objetivo salvar vidas, o que se dá, também, por meio da fiscalização”, destacou.

A soldado Vanessa Almeida ingressou na PMAC no Curso de Formação de Soldados 2019 (CFSd 2019) e desde que concluiu sua capacitação policial militar, atua no Grupo de Intervenção Rápida Ostensiva (Giro). A militar é uma das 25 concludentes do IV Curso de Especialização Profissional (CEP) da Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas (ROCAM) 2021.

A soldado Vanessa Almeida se torna a 8ª acreana a se formar no curso da ROCAM. Foto: Cedida.

Vanessa destaca os desafios durante a capacitação. “Primeiro você está em um local que não conhece, o frio é muito pesado, tinha horas que você não controlava seu corpo. Logo na primeira semana tive uma grande pancada na costela, que veio a trincar, mas superei essas dificuldades, e mesmo com dor, segui em frente”, disse a policial militar.

A militar, que foi a única mulher concludente do IV CEP/ROCAM e também a primeira policial feminina a tirar nota máxima na prova prática de pilotagem do curso, entra no grupo dos oito policiais militares do Acre, sendo dois oficiais e seis praças, formados em solo paulista, especificamente na Escola de Moto Patrulhamento da ROCAM.