Caveira

Governo forma profissionais no Primeiro Curso de Operações Especiais da Polícia Militar do Acre

O governo do Estado, por meio da A Polícia Militar do Acre (PMAC) celebrou a formação de nove profissionais qualificados no Primeiro Curso de Operações Especiais (Coesp/2023), neste sábado, 25, em frente ao Quartel do Comando Geral da instituição (QCG). A cerimônia de formatura, contou com a presença do governador Gladson Cameli, em Rio Branco.

Nove formandos tornaram-se Caveiras, neste sábado, 25, em Rio Branco. Foto: José Caminha/Secom

A turma formou os operadores especiais, conhecidos como Caveiras, após pouco mais de quatro meses do início das atividades dentro e fora do estado. Dos formandos, cinco são da PM do Acre, um do Corpo de Bombeiros Militar do Acre (CBMAC), dois da PM do estado do Amazonas, e um da Polícia Rodoviária Federal. Todos estão aptos a atuar em situações de alta complexidade.

Nove militares concluíram o Primeiro Curso de Operações Especiais do Acre. Foto: José Caminha/Secom

Presente no evento, o governador Gladson Cameli, agradeceu o serviço e a compreensão dos familiares durante a formação dos aprendizes e homenageou os militares da reserva, os ativos e aqueles que concluíram o curso.

“Quero agradecer aos guerreiros que demonstraram a sua capacidade, seu amor e compromisso com a nossa sociedade. É uma honra estar mais uma vez aqui para participar da formatura daqueles que integram o Sistema de Segurança Pública. Sei como se dedicam no dia a dia e estamos dando uma resposta para melhorar e cuidar das vidas das pessoas”, declarou o governador.

Governador Gladson Cameli cumprimentou os formandos. Foto: José Caminha/Secom

O comandante da PMAC, Luciano Dias, falou sobre o curso e agradeceu a todos que contribuíram para o momento.

“Hoje é um dia muito alegre para toda a PMAC e todo o estado do Acre. É uma honra muito grande para todos nós, estar na formatura de homens forjados no aço. É uma turma que não mediu esforços e entrega homens prontos para atender eventualidades de alta complexidade. Não tenho como medir o meu agradecimento a todos os que colaboraram”, afirmou o comandante da PMAC.

Comandante da PMAC, Luciano Dias, discursou sobre o empenho dos formandos, coordenadores e instituições que apoiaram a realização do curso. Foto: José Caminha/Secom

Homenagens aos Operadores Especiais

Durante a cerimônia, os novos Caveiras receberam homenagens e, ainda, momentos de simbolismo com o recebimento do novo brevê que vai ao peito, a manicaca no ombro, e o Gorro Comandos, característico do Batalhão de Operações Especiais (Bope).

Caveiras presentes entoaram a oração dos Operadores Especiais. Foto: José Caminha/Secom

O momento também foi de apreciação aos acreanos destaques do curso que, segundo o coordenador da turma, capitão Thales Campos, possui alta complexidade e foi realizado em diversas instituições no Mato Grosso, Rio de Janeiro, Bahia e outras unidades da federação.

Três formandos foram destaque durante o Curso de Operações Especiais. Foto: José Caminha/Secom

“Tivemos ações no Acre e em unidades que são referências no Brasil em vários estados. E os nove operadores que ousaram inscrever seus nomes na história das operações especiais do Acre hoje são chamados de Caveiras e estão prontos para cumprir qualquer missão determinada”, destacou o capitão Campos.

Capitão PM Thales Campos coordenou o curso. Foto: José Caminha/Secom

Formado com honra, o primeiro-sargento PM, Lourenço Filho, lembrou os desafios do curso, como o salto de paraquedas e outras atividades incomuns no estado, e ressaltou a alegria de retornar para a família.

“Agora é um momento de alegria após passar vários testes. Os dias foram bem longos, com atividades pela manhã, tarde, noite e madrugada, mas de grande valia. Me marca o retorno para a casa, para os meus familiares”, afirmou.

Primeiro-sargento PM, Lourenço Filho, recebeu certificado do governador Gladson Cameli. Foto: José Caminha

Agradecimentos

PM da reserva e caveira formado, o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, José Américo Gaia, falou sobre o esforço do Estado para a formação dos militares e explicou que o “curso estava sendo desenhado há muitos anos, é o nosso primeiro e com um nível de exigência muito grande. É uma grande honra receber os novos operadores especiais, em prol da sociedade acreana”, afirmou.

Secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, José Américo Gaia. Foto: José Caminha/Secom

O diretor de Ensino do Centro Integrado de Ensino e Pesquisa em Justiça e Segurança Pública (Cieps), Cristian Moura Diogo, agradeceu ao governador, o comandante da PMAC, secretário da Sejusp, e instituições parceiras pelo apoio na realização do curso.

Cristian Moura Diogo Agradeceu as autoridades presentes. Foto: José Caminha/ Secom

Outras homenagens

Na cerimônia de formação, foram homenageados militares da reserva presentes, incluindo a Tenente Francineves Fonseca Gomes.

A homenagem se estendeu ainda ao Caveira 19, João Plácido da Silva Souza, referência no estado e que faleceu em 2022. O comandante da PMAC, Luciano Dias, também solicitou um minuto de silêncio como forma de prestar condolências ao tenente da reserva Airton de Oliveira Costa, falecido na última sexta-feira,24.