Com colaboração de Felícia Lanay

Representantes do Instituto de Identificação da Polícia Civil do Acre (PCAC) e da Defensoria Pública do Estado (DPE) se reuniram, na tarde da última quinta-feira, 30, para traçar estratégias que visam atender as pessoas que tiveram seu Registro Geral (RG) perdido neste período de alagação do Rio Acre e dos igarapés, em Rio Branco.

Representantes de instituições ligadas à emissão de documentos se organizam para atender as pessoas afetadas pela alagação. Foto: Ascom DPE/AC

Atendimentos de emissão da Carteira de Identificação Nacional (CIN) voltados às vítimas da alagação serão realizados na próxima semana, entre os dias 3 e 5 de abril, e ainda de 10 a 14, das 13h30 às 17h30 na sede da Defensoria Pública, localizada na avenida Antônio nº 3057, bairro Santa Quitéria.

Nesse primeiro momento, os serviços serão oferecidos somente para as pessoas que já passaram pela triagem nos abrigos. As pessoas que perderam os documentos mas não estão nos abrigos passarão por um cadastramento junto às associações dos bairros afetados, para posterior atendimento.

Além da emissão da CIN, estarão disponíveis outros serviços, como segunda via da carteira de habilitação, título de eleitor, carteira de trabalho, certidão de nascimento e emissão do boletim de ocorrência.

“O governo do Acre está buscando oferecer às pessoas o máximo de dignidade e atenção, pois, neste momento de calamidade pública, todas as ações buscam minimizar o sofrimento das famílias”, observou José Henrique Maciel, delegado-geral  da PCAC.