Poesia

Poetas do Serafim realizam recital na Ejorb

Os Poetas do Serafim, projeto da Escola Serafim da Silva Salgado, realizaram um recital para marcar o encerramento das atividades do ano no auditório da escola José Ribamar Batista (Ejorb).

Os Poetas do Serafim recitaram os poemas que produziram durante o ano letivo (Foto: Andressa Mendes)

Os alunos recitaram os poemas que produziram durante todo o ano letivo. “Além do recital, cada poeta recebe um exemplar do livro com os seus poemas”, explica a professora Anginere Rocha, idealizadora do projeto, que já dura nove anos.

A estudante Doriane Santana tem 15 anos e está no nono ano. Ela participa do Poetas do Serafim há três anos e está se despedindo da escola de ensino fundamental, mas  tem planos para o ensino médio na Ejorb.  “Eu pretendo criar um ciclo de poesias. Eu aprendi que a gente nunca deve duvidar da nossa escrita e dos nossos sonhos”, conta.

Durante o recital, os alunos do nono ano da Serafim da Silva Salgado aproveitaram para conhecer as dependências da Ejorb e verificar como funciona a escola de ensino em tempo integral. De acordo com o gestor Veridiano Lima, este ano, a Serafim entregará para o ensino médio 190 alunos que poderão optar, ou não, por uma escola de tempo integral. “Os nossos alunos tiveram, também, a oportunidade de tirar suas dúvidas para que eles façam uma escolha mais consciente e muito mais madura”.

Durante a visita os alunos aproveitaram para conhecer o sistema de ensino em tempo integral (Foto: Andressa Mendes)

Ex-aluna da Serafim e agora estudante da Ejorb, Gisele Amanda Menezes, 15 anos, faz parte da equipe de Jovens Protagonistas que acolheu e explicou aos futuros colegas como é o funcionamento da escola. Ela também já participou do Projeto Poetas do Serafim e hoje organiza um clube da leitura na nova escola.

Gisele conta como o ensino integral a ajudou a melhorar seu desempenho nos estudos e como melhorou sua autoconfiança. “Hoje eu sei como estudar, tenho um cronograma, aprendi como devo estudar. Fora que eu encontrei uma família no ensino integral. Eu não tinha isso em casa, alguém que falasse que eu ia conseguir e aqui eu encontrei isso”.