Pequenos Negócios são tema de palestra em Feira de Estágio e Emprego

A palestra encerrou o evento (Foto: Angela Peres/Secom)
A palestra encerrou o evento (Foto: Angela Peres/Secom)

Dezenas de pessoas, entre jovens e adultos estudantes do Instituto Federal do Acre (Ifac) e da comunidade, participaram na noite desta sexta-feira, 6, da palestra Pequenos Negócios como Alternativa de Renda. Ministrada pelo gestor da Secretaria de Pequenos Negócios (SEPN), Henry Nogueira, a palestra encerrou a I Feira de Estágio e Emprego, promovida pelo Ifac e parceiros.

Segundo a professora e coordenadora do evento Dirlei Facnello, a feira – que reuniu representações da iniciativa privada, governo do Estado e instituições ligadas ao mercado de trabalho – envolveu a comunidade acadêmica e públicos externos com o objetivo de fazer a aproximação entre quem precisa de oportunidade e quem pode oferecê-la.

Na oportunidade, Henry falou dos investimentos feitos pelo governo do Estado, em parceria com o governo federal, para o fomento às iniciativas empreendedoras no Acre. Como estratégia de combate à pobreza, o programa de Pequenos Negócios tem sido uma ferramenta de inclusão social e geração de renda seja formal ou informalmente.

Uma explanação geral da economia gerada por esses empreendimentos no estado foi feita para despertar o público para as oportunidades. “Mais de 31 milhões de reais já foram investidos em pequenos negócios, o que representa mais de 16 mil empreendimentos assistidos pelo governo”, disse o secretário.

Barracas de economia solidária fizeram parte da feira, que durou três dias (Foto: Angela Peres/Secom)
Barracas de economia solidária fizeram parte da feira, que durou três dias (Foto: Angela Peres/Secom)

Corte e costura, mecânica, panificação, hortas e artesanato são algumas das áreas de maior investimento até o momento. “Muitas pessoas ainda estão vivendo sem qualidade de vida porque não enxergaram o próprio potencial empreendedor. O governo está disposto a ajudar essas famílias a encontrar esse caminho da independência financeira. Prova disso são os resultados exitosos de grande parte dos empreendimentos apoiados pela secretaria”, completou  Henry.