sucesso

Pequenos negócios movimentam mais de R$ 300 mil durante o carnaval

A festa carnavalesca movimentou a economia dos pequenos empreendedores em Rio Branco. Em cada bairro onde foi realizada a festa, houve uma edição da feira de economia solidária. Nas tendas era possível encontrar artigos de artesanato, alimentação, agricultura familiar, jardinagem, brechó e outros. Ao todo, trezentos empreendedores utilizaram os espaços e juntos movimentaram mais de R$ 300 mil durante todas as noites de folia.

Segundo o secretário de Estado de Pequenos Negócios, Henry Nogueira, a proposta do governo, inicialmente, era alcançar 30 mil famílias em todo o estado. Por meio do Programa de Pequenos Negócios, atualmente 25 mil já estão inseridos e muitos deles se tornaram empreendedores individuais. “Uma alternativa de renda para muitas famílias. Algumas delas já estão consolidadas na iniciativa privada. Neste ano, apesar de ter sido um carnaval diferente devido às fortes chuvas, a feira foi sucesso para os empreendedores.”

Prospecto à microeconomia

(Foto: Angela Peres/Secom)

A Secretaria de Pequenos Negócios (Sepn) foi criada em 2011. Nesses sete anos, o investimento do governo do Estado no setor ultrapassa o montante de R$ 33 milhões, incluindo capacitação, assistência técnica sobre boas práticas de atendimentos e higiene, entrega de materiais e equipamentos para consolidação dos empreendimentos. A Sepn faz o levantamento e acompanhamento de empreendedores e fomenta a exposição durante as feiras regionais.

Um espaço que vem crescendo a cada dia é o da jardinagem. No local é possível encontrar mudas de plantas das mais exóticas às mais comuns, além de vasos e arranjos que valorizam e tornam o ambiente mais afável.

Vale ressaltar que o fortalecimento da microeconomia, por meio dos pequenos negócios, também impulsionou o surgimento de novas associações e cooperativas, com a geração de trabalho e renda para centenas de famílias em empreendimentos coletivos.