Pedro Ranzi assume como governador interino do Acre

Binho Marques cumpre agenda em viagem à Costa Rica, onde defende interesses do Estado. Presidente do TJ diz que Judiciário se sente honrado em cumprir compromisso constitucional

governador_em_exercicio_pedro_ranzi_foto_angela_peres_3.jpg

Presidente do TJ, Pedro Ranzi, assumiu como governador em exercício (Foto: Angela Peres/Secom)

governador_em_exercicio_pedro_ranzi_foto_angela_peres_5.jpg

Desembargador cumprirá agenda de compromissos oficiais, visitas e inspeções (Foto: Angela Peres/Secom)

O desembargador Pedro Ranzi, presidente do Tribunal de Justiça, assumiu nesta segunda-feira, 3, como governador interino do Acre. O governador Binho Marques se encontra em viagem à Costa Rica e Ranzi ocupa a função pelo impedimento do vice-governador, César Messias, e do presidente da Assembleia Legislativa, Edvaldo Magalhães.

"O Poder Judiciário se sente honrado em cumprir o dever constitucional e eu desejo que tudo transcorra dentro da maior normalidade possível", disse o desembargador após assinar a ata que oficializa sua permanência como governador interino.

Como primeiro ato oficial, Pedro Ranzi assinou decreto anulando a nomeação de dois aprovados no concurso do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) que não assumiram suas funções no órgão. Na sexta-feira passada, Binho Marques reuniu-se com Ranzi para definir a agenda governamental durante a ausência do titular. Ranzi irá cumprir compromissos oficiais, realizar visitas e inspeções em Rio Branco e outros municípios do Acre ao longo da semana.

{xtypo_quote}O Poder Judiciário se sente honrado em cumprir o dever constitucional e eu desejo que tudo transcorra dentro da maior normalidade possível.
Pedro Ranzi, governador em exercício{/xtypo_quote}