Parceria entre governo e produtores rurais recupera trator agrícola

Produtores rurais comemoram termo de cessão de trator agrícola com Seaprof (Foto: Leônidas Badaró)
Produtores rurais comemoram termo de cessão de trator agrícola com Seaprof (Foto: Leônidas Badaró)

Na manhã da quarta-feira, 12, representantes da Secretaria de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof) e da comunidade do Ramal do Ferreira, na zona rural de Porto Acre, assinaram o termo de cessão de um trator agrícola.

Com o documento, fica estabelecida, de forma oficial, a parceria entre a Seaprof e os produtores da região para o uso do equipamento no trabalho de fortalecimento da produção agrícola pelos próximos 24 meses.

A Associação de Produtores do Ramal do Ferreira representa aproximadamente de 35 famílias. Na comunidade é produzido de tudo um pouco, mas as culturas mais fortes são a banana, o abacaxi e a farinha.

Para tentar aumentar a produção, os agricultores perceberam que era preciso mais tecnologia, tanto para o plantio como para o escoamento dos produtos.

Eles pocuraram a Seaprof e foi proposta uma parceria para a recuperação de um trator, que seria cedido para os trabalhos de fortalecimento da produção no local.

Presidente da Associação dos Produtores do Ramal do Ferreira assina termo de cessão de trator agrícola (Foto: Leônidas Badaró)
Presidente da Associação dos Produtores do Ramal do Ferreira assina termo de cessão de trator agrícola (Foto: Leônidas Badaró)

“A parceria com o governo é muito importante para nós. Com esse investimento que fizemos, vamos ter mais condições de arar a terra, produzir mais e escoar nossa produção”, afirma André Moura, presidente da associação.

Durante a assinatura do termo de cessão, a Seaprof esteve representada pelo diretor das cadeias produtivas, Diogo Sobreira. “Esta comunidade entendeu que é preciso parceria nesses momentos de dificuldade financeira. Eles fizeram um investimento na recuperação do trator e vão ter o equipamento à disposição para atender a demanda de seus produtores”, destaca.

Quem também esteve presente à comunidade foi o coordenador da mecanização agrícola da Seaprof, Frederico Ozanan. “Parceria é a melhor forma que encontramos para atender os produtores que nos procuram. Tenho certeza de que, pelo nível de organização desta comunidade, o trator vai ser muito bem usado”, afirma.

Uso do equipamento vai fortalecer a produção agrícola pelos próximos 24 meses (Foto: Leônidas Badaró)
Uso do equipamento vai fortalecer a produção agrícola pelos próximos 24 meses (Foto: Leônidas Badaró)