Produtor rural de Mâncio Lima está sendo beneficiado com a construção de três tanques para criação de peixes (Foto: Leônidas Badaró/Secom)
Produtor rural de Mâncio Lima está sendo beneficiado com a construção de três tanques para criação de peixes (Foto: Leônidas Badaró/Secom)

Uma parceria entre o governo do Acre, por meio da Secretaria de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof), e produtores da comunidade do Alto Pentecostes, localizada na zona rural de Mâncio Lima, está possibilitando a construção de mais de 50 tanques destinados à piscicultura.

Um dos produtores rurais beneficiados com a parceria é José de Menezes. Produtor de farinha, José decidiu que era preciso diversificar sua atividase, para que pudesse ter renda durante todo o ano. “A gente precisa ter outra fonte de renda. O produtor não pode ficar dependendo apenas da farinha. Quando o preço está baixo, como agora, o lucro é muito pequeno”, afirma.

Em sua propriedade estão sendo construídos três tanques, onde devem ser criados mais de 1,5 mil peixes das espécies piau e curimatã.

“A criação de peixes é uma atividade que tem lucro certo. O mais difícil é a construção dos tanques, mas graças a essa parceria com o governo a nossa comunidade está sendo beneficiada”, afirma Menezes.

Equipe da Seaprof visita comunidade rural atendida com construção de tanques para piscicultura em Mâncio Lima (Foto: Leônidas Badaró/Secom)
Equipe da Seaprof visita comunidade rural atendida com construção de tanques para piscicultura em Mâncio Lima (Foto: Leônidas Badaró/Secom)

Para a construção dos tanques em cerca de 30 propriedades rurais da comunidade do Alto Pentecostes, o escritório da Seaprof de Mâncio Lima disponibiliza duas máquinas, uma escavadeira hidráulica PC e uma pá carregadeira, além do acompanhamento técnico necessário. Já os produtores rurais se responsabilizam pelos custos com combustível e com os operadores das máquinas.

“Fomos provocados pelo Sindicato dos Trabalhadores Rurais e pelos produtores dessa comunidade para que essa parceria fosse possível e estivéssemos atendendo com a construção dos tanques, já que a piscicultura é uma das principais demandas que temos aqui em Mâncio Lima”, destaca Rosaldo Marques, gerente do escritório local.

Na quarta-feira, 19, o gestor da Seaprof, Glenilson Figueiredo, visitou alguns produtores. “Parceria é fundamental para o desenvolvimento da produção familiar. Essa comunidade aqui está de parabéns, por ter dado as mãos e nos procurado para que juntos possamos investir na melhoria da qualidade de vida desses produtores”, disse.

Tanques para criação de peixes estão sendo construídos graças à parceria entre governo e comunidade (Foto: Leônidas Badaró/Secom)
Tanques para criação de peixes estão sendo construídos graças à parceria entre governo e comunidade (Foto: Leônidas Badaró/Secom)