PAA movimenta mais de R$ 500 mil em Sena Madureira e Manoel Urbano

Frutas e verduras adquiridas pelo PAA vão beneficiar 52 entidades em Sena Madureira e Manoel Urbabo (Foto: Leônidas Badaró/Secom)
Frutas e verduras adquiridas pelo PAA vão beneficiar 52 entidades em Sena Madureira e Manoel Urbabo (Foto: Leônidas Badaró/Secom)

O governo do Acre lançou durante esta quinta-feira, 13, o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) em dois municípios do interior do Estado.

Os agricultores familiares de Sena Madureira e Manoel Urbano fizeram a primeira entrega da produção no ano, beneficiando mais de três mil pessoas atendidas pelas entidades contempladas com o programa.

Em Sena Madureira são 56 produtores e 24 entidades atendidas. Em 2015, 17 novos agricultores foram incluídos no programa que garante a compra da produção.

Participaram da solenidade, representantes do governo do Estado, o prefeito do município, Mano Rufino, representantes das entidades e, é claro, os produtores rurais.

Um deles é Sidnei Araújo, da Associação de Produtores Rurais Coração Menino Jesus. Ele lembrou que os alimentos cultivados em sua propriedade e entregues ao PAA ajudam a alimentar os próprios filhos, por meio da merenda escolar. “A meninada gosta de produzir e trabalhar na terra. Eles dizem que aquele produto que estão cuidando vão ser consumidos dentro de alguns dias na escola ”

Como os produtos do PAA são cultivados de forma orgânica, sem o uso do agrotóxicos, se destacam pela qualidade e são importantes para garantir uma alimentação de qualidade.

É o caso, por exemplo, dos pacientes do Hospital João Câncio Fernandes, que fornece cerca de 550 refeições diariamente.

“É muito importante estarmos no programa, porque precisamos atender pacientes com necessidades de dietas específicas. Ficamos muito felizes com essa ajuda”, diz Gabriela Lima, nutricionista da unidade de saúde.

Festa dos produtores de Manoel Urbano

Depois do lançamento em Sena Madureira, a equipe da Secretaria de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof) se deslocou até Manoel Urbano, onde foi a vez de 49 produtores fazerem a entrega de seus produtos ao PAA para 28 entidades urbanas e rurais.

José da Silva está há 34 anos vivendo da agricultura familiar e relata que o programa devolveu a alegria aos produtores rurais. “Esse programa só melhorou a nossa vida. A gente agradece muito por esse apoio.”

Roosevelt de Matos, coordenador do Departamento de Logística da Produção na Seaprof, fala da importância do programa. “Todo mundo ganha – desde o produtor, passando por quem recebe os alimentos e toda a cidade, já que há mais dinheiro em circulação”, afirma.