conscientização

Órgãos realizam ação alusiva ao Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes de Trânsito

No terceiro domingo do mês de novembro é celebrado o Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes de Trânsito. Este dia tem o objetivo de convocar toda a sociedade para a conscientização de condutas viárias mais seguras e homenagear as vítimas do trânsito.

O Departamento de Vigilância Epidemiológica e Ambiental, por meio do Núcleo de Atenção e Prevenção às Violências/Programa Vida no Trânsito realizaram na tarde desta sexta-feira, 19, operação conjunta com instituições de segurança no trânsito, em alusão ao Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes de Trânsito.

A ação foi realizada nas proximidades da Universidade Federal do Acre (Ufac), com a exposição de  simulações de acidentes de trânsito às margens da rodovia, além de abordagens educativas aos motoristas com entrega de materiais.

O senhor João Pedrosa, que passava pelo local, parou para perguntar quem era a pessoa acidentada, foi quando ele descobriu que era apenas uma simulação e ficou aliviado. “Eu estava passando e achei que era um acidente real, a moto é bem parecida com a do meu filho, meu coração só faltou saltar do peito, mas graças a Deus que é uma simulação”, contou.

Simulação de acidente fatal Foto: Thalles André/Detran

“O nosso objetivo é levar a conscientização para a sociedade, tendo em vista o índices de acidentes de trânsito que vem crescendo, por isso, fizemos dois cenários simulando acidentes de trânsito, com o objetivo de impactar”,  declarou a coordenadora municipal do Projeto Vida no Trânsito, Rebeca Soares.

O evento contou com a participação de equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (RBTrans), Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre), Corpo de Bombeiros Militar (CBMAC), Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTrans) e Conselho Estadual de Saúde.

Blitz educativa com a entrega de material Fotos: Thalles André/Detran

Finalizando a ação foi realizado um ato solene no Lago do Amor, com a participação de representantes das instituições e de familiares da dentista Maria Josilayne Ferreira Duarte, de 24 anos, vítima de acidente de trânsito, momento em que foi realizado também uma homenagem especial às vítimas, com balões brancos.

Familiares da dentista Maria Josilayne Ferreira, vítima fatal do trânsito Foto: Thalles André/Detran

“A população tem que acordar para essa causa, porque uma pessoa mata no trânsito, depois vai embora, mas depois a família fica, fica com a dor que não vai ser reparada nunca”, enfatizou Eldenice Ferreira, avó de Josilayne Ferreira, vítima fatal de acidente de trânsito.